Por Erickson Monteiro em 4 de abril de 2011

Web-Marketing fácil para pequenas empresas.

 

Se vc é o proprietário de uma pequena empresa e acha que anunciar ou vender na Internet é “coisa de gente grande”. Se até alguns anos atrás os pequenos anunciantes tinham que usar muita criatividade para conseguir vender seus produtos e serviços online já que os meios de comunicação online ficavam restritos a campanhas de banners em grandes portais, hoje a situação é bem diferente.

Apesar dos grandes anunciantes ainda terem certa vantagem na mídia online pois possuem verbas mais “elásticas”, já existem diversas formas das pequenas empresas utilizarem várias ferramentas de baixo custo e ótima funcionalidade para divulgar e vender seus produtos ou serviços online. Vamos falar sobre algumas delas e mostrar como é simples para qualquer empresa ter sucesso no mundo do marketing digital.

1) Registro de domínio: Foi-se o tempo onde bastava registrar um domínio numa hospedagem grátis. Utilizar um subdomínio ou domínios “grátis” como o geocities ou o sites.uol não são a melhor forma de marcar presença online. Um registro de domínio no Brasil custa apenas R$30,00. Por ano! Ou seja, qualquer empresa pode bancar e passar a atuar na web de verdade.

2) Desenvolvimento de site: Sem um site no mínimo razoável toda sua estratégia de webmarketing vai por água abaixo. Existem hoje diversos programas que permitem que qualquer pessoa com um mínimo de conhecimento em web desenvolva um site de boa qualidade. É possível achar na web diversos templates (modelos) de sites, baixá-los e customizá-los facilmente. Mesmo os gerenciadores de blogs como o WordPress e o Joomla permitem que se faça sites comerciais com uma boa qualidade. Outra opção é contratar os serviços de um webdesigner. Com uma verba inferior a R$1.000,00 consegue-se fazer um site excelente (claro que dependendo do número de páginas e dos recursos necessários o custo pode subir).

3) Hospedagem: Outro ponto que atualmente é super simples de gerenciar. Com cerca de R$20,00 por mês é possível hospedar seu site com segurança, em servidores velozes e que raramente apresentam problemas. Além disso esses pacotes de hospedagem geralmente incluem bancos de dados, onde é possível manter um cadastro de seus clientes e posteriormente fazer ações de relacionamento virtual com eles.

4) Gerar tráfego no site: De nada adianta ter um domínio próprio, um belo site, uma boa hospedagem, se ninguém acessa seu site. E para gerar tráfego de qualidade a baixo custo não conheço nada melhor que o Google AdWords. Com ele é possível anunciar por um valor pré-definido à sua escolha e pagar apenas quando o anúncio for clicado. Não existe custo de criação e produção de peças e vc ainda tem diversas ferramentas de administração dos anúncios. É possível também parametrizar a campanha apenas para os dias e horários que vc desejar. E o melhor de tudo: não existe valor mínimo de investimento e criando sua campanha num dia, no dia seguinte seu site já está aparecendo com destaque no Google. Outra forma de geração de tráfego no seu site é utilizar-se do recurso do e-mail marketing. O e-mail marketing é uma ferramenta simples, de baixo custo e fácil de implementar. Mas veja bem, uma campanha de e-mail marketing tem que ser bem feita para atingir realmente o público potencial de seu produto / serviço. Segmentação de base é o mais importante. Veja o que vc vai oferecer via e-mail e para quem. Não ofereça qualquer coisa para qualquer um.

5) Formas de contato com o cliente: Se sua empresa está marcando presença online é obrigatório que exista um bom atendimento ao cliente. Se já foi gasto tempo e verba para trazer o cliente até seu site, é necessário que ele consiga se comunicar facilmente com vc. Sei que as empresas pequenas nem sempre dispõem de serviços avançadas de telefonia ou mesmo de mais de uma linha telefônica. Mas isso não é problema. O Skype é uma boa alternativa para essa questão. Com ele é possível ter um número telefônico local, com custo super reduzido e boa qualidade de ligação. Outra solução é o chamado “clique e fale” onde através de um único clique o cliente é colocado em contato com sua empresa. Por fim existem soluções mais “caseiras” como o atendimento via MSN por exemplo. O que importa é que todas são soluções que funcionam e tem custos altamente acessíveis.

6) Mensuração de resultados: Saber o que acontece com seu site é fundamental para a melhoria dos processos e dos resultados. Quantos visitantes passaram pelo site? De onde eles vieram? Para onde foram? Por onde navegaram? Essas respostas permitem correções de rota e consequente melhores resultados. E como conseguir tudo isso? A resposta se chama Google Analytics. Uma ferramenta fácil de implementar, que lhe dá todas as informações necessárias sobre seu site e pode ser acessado de qualquer computador. E como não podia deixar de ser: grátis.

Com esses 6 tópicos é possível para qualquer empresa, micro, pequena, média ou grande, ter uma presença satisfatória na internet e colher bons resultados. A internet permite que sua empresa cresça, conquiste novos consumidores, explore novos mercados, conheça melhor seus clientes e esteja em igualdade de competição com empresas de outros portes. Quem ainda não explora o mundo digital precisa correr e recuperar o tempo perdido. Ainda dá tempo, basta querer.

Deixe um comentário

Publicidade