Por Diego Luís em 9 de janeiro de 2013

Publicidade não é só criatividade

publicidade não é só criação

A área de criação é o setor mais valorizado do universo publicitário. Não é pra menos, também é o lado artístico do processo de comunicação. Porém, se engana quem acha que a publicidade só depende de criatividade. Claro que o setor de criação é importante. Mas uma agência não sobrevive apenas da área de criação. Aliás, o sucesso de uma campanha não depende só dos criativos.

Pense! O que seria da criação se não tivesse o atendimento para coletar o briefing junto ao cliente? Como ele conseguiria as informações ou até mesmo como lidaria com o cliente? O que eu quero dizer é que a publicidade depende de todos os setores de uma agência. Cada um com sua devida importância. Cada um com sua maneira de atuar e ideologia. Todos devem estar sincronizados para o sucesso da agência e de seus clientes.

Não é somente através da criatividade que uma campanha publicitária se mantém. Não adianta criar um outdoor impactante e diferenciado se não há o planejamento do lugar aonde ele será exposto ao seu publico alvo. Isto é, não adianta uma criação maravilhosa se o target não irá vê-lo. O que adianta elaborar um anúncio criativo e expor em uma mídia em que o publico alvo do anunciante não irá vê-lo. Os resultados não surgirão, por mais que a área de criação tenha sido perfeita no job.

Não é apenas de criatividade que uma campanha se mantém. Não adianta a criação elaborar o anúncio mais criativo da história da publicidade se o target não tomar conhecimento dele. A comunicação realizada necessita ser bem planejada, com todas as informações possíveis e com muito trabalho de pesquisa para que ela seja direcionada e informativa ou que ao menos desperte a curiosidade do target. A criatividade é um agregador para conseguir a atenção. E isso só é possível com todos os setores de uma agência trabalhando em conjunto para isso. O setor criativo deve ser muito valorizado sim, mas não somente ele.

Deixe um comentário

Publicidade