Por Diego Luís em 15 de julho de 2013

Marketing social. Por que fazer?

marketingsocial

O Brasil tem passado por grandes mudanças culturais nas últimas décadas, as pessoas estão mais ativas e mais engajadas sobre tudo o que as cercam. Os brasileiros estão cada vez mais engajados com problemas de natureza social e causas que influenciam o seu modo de vida. Os protestos e as manifestações que ocorreram no Brasil recentemente são exemplos dessa conduta.

Como consumidores, as pessoas também estão mais exigentes. Também exigem e cobram uma postura socialmente correta de suas empresas e marcas favoritas, influenciando diretamente o modo como uma empresa deve se portar. Hoje não basta para uma empresa apenas oferecer serviços e produtos. A organização também deve ter posicionamentos e colocá-los em prática em prol de causas que beneficiem a população. Nesse contexto surge a necessidade de empresas investirem em marketing social e causas sociais para serem bem aceitas pelos consumidores.

O que é marketing social?

Existem diversas definições e conceitos sobre o tema “marketing social”. Confira algumas definições:

“É tudo o que falamos de Marketing, com o objetivo de mudar comportamentos, atitudes e opiniões. São as ferramentas de marketing como promoção, publicidade e propaganda utilizadas em uma campanha focada em mudanças de comportamento da sociedade pelo próprio bem dela” (Fernanda Dearo)

“O Marketing Social ou Marketing para Causas Sociais, como costuma também ser denominado em outros países, diz respeito ao esforço mercadológico no sentido de associar uma marca ou instituição a uma causa social, que pode ser o desenvolvimento de campanhas (para prevenção da saúde e o estímulo à leitura, por exemplo) doações para entidades assistenciais, parcerias com entidades filantrópicas, desenvolvimento de trabalho junto a comunidades carentes etc.” (Comunicação Empresarial)

“Marketing social é a modalidade de ação mercadológica institucional que tem como objetivo principal atenuar ou eliminar os problemas sociais, as carências da sociedade relacionadas principalmente às questões de higiene e saúde pública, de trabalho, educação, habitação, transportes e nutrição”. (Gil Nuno Vaz)

Todas essas definições de marketing social têm basicamente em comum  como premissa a mudança de estrutura, comportamento e melhoria da sociedade e da vida das pessoas.

Por que fazer marketing social?

Em um mundo no qual as pessoas estão cada vez mais preocupadas com os problemas de natureza social, o marketing social torna-se um diferencial para a empresa que o pratica. O marketing social não somente proporciona grandes benefícios para a sociedade, como também colabora para que a imagem corporativa de uma empresa seja bem vista por seus consumidores, colaboradores, fornecedores e mídia. Além de criar um diferencial perante os concorrentes, uma organização que investe em marketing social também pode direcionar o seu posicionamento para o tema em campanhas publicitárias.

Veja o vídeo abaixo com exemplos de campanhas com o tema “marketing social”

A tendência é que os consumidores cobrem cada vez mais de organizações e empresas ações e causas que contribuam para uma sociedade melhor. As pessoas esperam que suas marcas favoritas tomem um posicionamento, seja em ações ou em campanhas, visando o bem-estar de todos. De fato fazendo o mundo, um lugar melhor. E não há dúvidas que a empresa que se posiciona a favor da sociedade adquire vantagens frente a concorrência.

Deixe um comentário

Publicidade