Por Diego Luís em 5 de maio de 2014

7 dicas de como iniciar a carreira freelancer e se manter no mercado de trabalho

freela

Entrar no mercado de trabalho é um passo muito importante para qualquer profissional, mas será que fazemos tudo como deve ser feito? Iniciar a carreira de freelancer é, muitas vezes, complicado devido à falta de informação e experiência no mercado. As oportunidades nem sempre são animadoras e o preço que se paga no mercado de trabalho pelos serviços realizados são desmotivadores, mas com alguns estudos e algumas dicas é possível que o profissional se realize como freelancer.

As vantagens que esta carreira oferece não são novidades para ninguém; trabalhar sem chefe, ter flexibilidade de horários, poder montar a mesa de trabalho onde desejar, ter contato direto com o cliente e poder participar de todo o processo de realização do job são alguns dos atrativos do trabalho freelance. Apesar de tantas vantagens, o que parece ser fácil pode ter um início muito complexo, mas que seguindo algumas dicas tudo pode ficar mais simples e prazeroso. Luiz Alfredo Mattioli, sócio fundador do New Boss – www.newboss.com.br -, uma rede social focada no mercado freelance, dá algumas sugestões de como iniciar a carreira neste meio e, o mais importante, como se manter nele.

Confira:

1. Organização e disciplina

Sem organização e disciplina o profissional freelancer não vai a lugar algum. O primeiro passo para ser líder de si mesmo é saber se organizar e ser disciplinado, o que de forma alguma quer dizer monotonia. Não existe uma fórmula, cada um tem o seu ritmo, mas é certo que sem isso o negócio vai por água abaixo.

2. Planejamento, foco e dedicação

É essencial manter o foco e saber aonde se quer chegar. Ter um planejamento de carreira ou algum caminho para trilhar, ser dedicado e caprichoso com seu trabalho e saber lidar com os lucros e despesas do seu negócio.

3. Pesquisa e estudo

Manter-se atualizado no seu segmento de trabalho. É essencial sempre ler artigos da área de interesse, pesquisar e estudar para se aprimorar. O mundo não para e o profissional também não pode parar, senão outros irão tomar o seu lugar rapidamente.

4. Atendimento

Saber lidar com vários tipos de público, tanto para clientes quanto para fornecedores; de diferentes idades, classes sociais e ramos comerciais.

5. Relacionamento

É essencial manter um bom relacionamento com clientes, a confiança é fundamental. Não esqueça que é para eles que você está trabalhando, são eles o “seu chefe”. Se o cliente tiver confiança em seu trabalho e ficar satisfeito com o resultado final, você terá mais clientes, porque certamente ele o indicará para futuros jobs. Portanto, cultive-o!

6. Aceitar desafios

Ser aberto a novas ideias e aceitar desafios sempre que forem proporcionados, porém sem sair do seu foco principal, que é o caminho o qual decidiu trilhar. Desafios são instigantes e ajuda no desenvolvimento profissional e pessoal, mas apenas o aceite se puder dar conta do recado.

7. Não desistir

Por mais difícil que possa ser, a carreira de freelancer pode dar certo, mas é preciso trabalhar para isso. Levando em conta as vantagens oferecidas por este estilo de trabalho, vale a pena insistir e fazer o seu negócio ir para frente. Dedicação, disciplina, foco, força de vontade e estar sempre atualizado em sua área de competência podem ajudar muito neste processo.

O trabalho freelance veio para mudar a estrutura tradicional do mercado trabalhista. Agora o profissional preza mais pelo bem estar físico e psíquico, e pela vida social, do que pelos salários extraordinários. Claro que todos querem ganhar bem e ter uma vida confortável financeiramente, mas trabalhar da maneira como deseja e ser reconhecido por isso é impagável.

Deixe um comentário

Publicidade