Por Bruna Oliboni em 30 de junho de 2014

Onde está a mulher no mercado publicitário?

size_590__We_can_do_it_anúncio_de_guerra_do_governo_britânico_na_2ª_guerra

Vemos todos os dias mulheres vencendo barreiras, levando os filhos para a escola, cuidando  da casa, trabalhando fora e ainda tirando tempo para cuidar de si mesmo. Porém uma pesquisa realizada durante o Cannes Lions – Festival internacional de criatividade mostrou que apesar da mulher estar sempre presente em decisões de todos os setores da economia ela está longe de conseguir gerenciar uma agência de publicidade. Nos Estados Unidos apenas 3% das agências possuem diretores de criação mulheres.  A questão é: PORQUE?

As maiores partes dos anúncios hoje são feitos por homens de até 30 anos, eles especialmente se dirigem a apenas dois tipos de mulheres: A mulher nova e sexy e as mães, esse mesmo anúncio raramente vai conquistar aquela profissional de 30 a 50 anos e que justamente é aquela que tem mais condições financeiras para gastar com tal anúncio. “A mulher dos comerciais é a sensual. Falta a noção de que o sexo feminino não é um grupo homogêneo”, diz Collyn Ahart, presidente da Adventure for Women, especializada em atender empresas de esportes que querem dialogar com as mulheres.

Dados publicitários mostram que a presença feminina dentro de uma agência se concentra em áreas como planejamento e relação com os clientes, infelizmente poucas trabalham na criação onde se tem mais reconhecimento. O que falta nas mulheres é o senso de camaradagem no trabalho que há entre os homens. “Os homens são muitos bons em serem irmãos e as mulheres deveriam aprender a ser tornarem irmãs”, diz Kat Gordon fundadora da conferência dos 3%.

As mulheres devem adotar a causa, usar da famosa ousadia e inteligência feminina. Afinal, foram tantas lutas para ganhar o reconhecimento que temos hoje, é apenas mais barreira a ser vencida. E você publicitária, vai ficar parada?

Via

Deixe um comentário

Publicidade