Por Fernanda Soares em 16 de outubro de 2014

Publicidade conceitual na moda

Publicidade e modaImagem: shutterstock.com

Quero usar a moda como exemplo da publicidade conceitual que irei citar agora. Campanhas e anúncios de moda utilizam bastante desse conceito de publicidade, o intuito é posicionar a marca, direcionar a atenção não para os atributos do produto, mas, para os sentimentos, ideias, valores, que eles nos proporcionam, e que mesmo sem ser o foco das estratégias, acabam sendo também um destaque.

Normalmente as imagens divulgadas são tidas como uma “situação”, no qual exibem cenas normais do cotidiano, poses, ações, atos, sem apelar para os atributos do produto/serviço. Essa é uma forma de deixar que o mesmo – produto/marca – seja percebido de maneira natural, reforçando o que o consumidor já conhece diante mão.

Muitas marcas são formadoras de opinião, tem o seu público-alvo, os seus seguidores fiéis, e por isso não é preciso ficar martelando o que o produto tem de bom, as características, as vantagens, as diferenças, etc. A divulgação, disseminação de informações é sim importante, mas em algum momento, para determinadas marcas, o fundamental é estabelecer a marca na mente do consumidor, e para isso nada melhor do que reforçá-la, mostrando os seus ideais, e deixando que o público compre os seus valores e faça-os rotina, faça-os parte da própria vida.

Deixe um comentário

Publicidade