Por Diogo Mattos em 27 de março de 2015

Nestlé embala taxis de páscoa para satisfazer o cliente

99taxiscoelhonestle

A onda do marketing digital pegou definitivamente e cada vez mais as empresas e agências tradicionais estão se adaptando e achando aí novos canais de comunicação, novos pontos de contato com o consumidor atual. E nesse sentido a busca incessante por conteúdos melhores e mais impactantes cresce desbragadamente também, fazendo da lei da oferta e da procura um verdadeiro leilão.

A procura por um bom marketing de conteúdo, com estratégias e táticas eficazes de planejamento e execução leva as companhias a fazerem loucuras, ou melhor, buscar quem faça. E quando acham os criativos adequados para a tarefa, eles não fazem por menos e elaboram ações impactantes, não medindo esforços para um resultado memorável.

E por falar em atrair atenção e criar estratégias, o balanço e integração do mercado online com o tradicional off-line está também a todo a vapor. Pois como Martha Gabriel, Seth Godin e outros mestres do marketing já falaram, essa mistura é a tendência e ao mesmo tempo a carência do negócio. E já que é uma necessidade, por quê não fazer?

A Campanha

A Nestlé, famosa por seus chocolates, se juntou a agência JWT para aproveitar essa onda toda do mix tradicional e digital e lançou mão de uma ação promocional aproveitando o momento da páscoa que se aproxima.

A ideia foi “fantasiar” os carros da 99 Taxis que circulam em São Paulo, Rio de Janeiro e em Recife de coelhos da páscoa. Eles então funcionarão como uma espécie de embaixadores da marca. Quem chamar pelo aplicativo algum dos táxis customizados, será avisado sobre isso e como recompensa não pagará a corrida e ainda levará uma cesta de ovos de páscoa para casa.

A campanha foi denominada “Surpresas que não cabem no ovo” e optou por uma estratégia bem peculiar de espalhar suas mensagens durante a data, pulverizando também investimentos entre diversas mídias de produção de conteúdo. Além disso, como não poderia deixar de ser, até pelo tamanho da marca, ela ainda vai contar com comerciais de TV, para abocanhar um pouco da audiência das mídias tradicionais.

Satisfação garantida

Entendo não ser essa uma alternativa totalmente inédita, pois todos temos na cabeça alguma situação similar, feita não necessariamente com um carro, mas igualmente oportunista. Mas o fato que gostaria de enfatizar é uso dos dois veículos de comunicação: o meio online e o off-line. E aliado a isso, o fato da dispersão no uso das mídias.

É com certeza bem inteligente e perspicaz a maneira como foi pensada e produzida essa ação. O que no exterior é caracteriza como drip campaign, ou seja, uma campanha em etapas, ela envolve e deixa o consumidor com um gostinho de quero mais.

Aquele que foi agraciado com uma corrida e uma cesta, vai ficar ainda mais maravilhado quando ver na Televisão um comercial com o ovo Kit Kat, que se não foi o que ele ganhou vai com certeza lhe deixar com água na boca para experimentar. E o que dizer então do aplicativo de caça aos ovos que enfatiza a marca garoto e da um ar mais tecnológico ao negócio.

Isso é o que posso chamar de o futuro da propaganda, que já virou presente, e se materializa cada vez mais na nossa frente. Uma mistura de cross media, transmídia, storytelling e tudo o que há de possível na propaganda de todos os tempos em conjunto com práticas atuais. Um trabalho estudado e planejado ponto-a-ponto, feito com maestria.

Não estou aqui elogiando por estar sendo pago para isso, pois realmente esse não é um publieditorial e nem eu nem o Plugcitários estamos recebendo dinheiro para isso. Apenas aplaudo porque vejo na prática o poder da recorrência nas marcas, a nova tendência mundial surgindo no Brasil, deixando um imenso ativo para a Nestlé. Parabéns aos criativos da JWT, aos executivos de marketing da empresa e a todos os envolvido nessa iniciativa.

E vocês caros leitores, o que acharam da ação?

Deixe um comentário

Publicidade