Por Diego Luís em 14 de abril de 2015

Truques que induzem você a comprar mais do que deveria

Capa (8)

Você já entrou em um mercado com uma listinha de compras e acabou gastando em um produto que não fazia parte dos seus planos? Aposto que diversas vezes você deparou-se com essa situação. Seja em um mercado ou em qualquer outro tipo de loja é garantido que isso acontece com qualquer pessoa e com mais frequência do que se pode imaginar.

O que talvez você não saiba é que ao entrar em um local com a intenção de adquirir um produto, alguns “truques” são estrategicamente usados para que você compre mais coisas do que deveria. Seja em uma rede de fast-food, padaria ou no mercado você está sendo induzido.

Confira algumas técnicas e estratégias usadas por estabelecimentos no ponto de venda que dão um empurrãozinho para que sua carteira fique com um pouco menos de dinheiro a cada visita:

Musica lenta

A trilha sonora dentro de um estabelecimento comercial é escolhida de acordo com o horário e o fluxo de pessoas. Músicas lentas são colocadas quando o fluxo de pessoas não está tão alto e contribuem para que os consumidores passem mais tempo comprando ou consumindo.

Música agitada

Músicas agitadas são colocadas em horários de pico e incentivam as compras feitas com pressa e o consumo realizado por impulso.

Aromas

Os aromas são usados para mexer com as sensações dos consumidores. Por exemplo, em uma padaria o aroma é capaz de despertar a sensação de fome fazendo com o consumidor leve mais coisas para casa. Já em uma loja de roupas, o perfume traz lembranças ao consumidor e o deixa mais emotivo, influenciando diretamente na decisão de compra.

Preços

O preço de um produto é um dos fatores mais importantes na decisão de compra dos consumidores. Porém um truque muito utilizado para quebrar essa premissa é a maneira como os preços são apresentados para as pessoas. Subconscientemente “R$20” parece mais barato do que “R$20,00” ou “20 reais“. “R$69,90” aparenta ser mais próximo de “R$60” do que “R$70”.

preço (2)

Cores

As cores possuem a capacidade de transmitir sensações e influenciam diretamente na decisão de compra das pessoas. Por exemplo, o vermelho é uma cor capaz de estimular o apetite. Por isso é muito usada em redes de fast-food. Já o amarelo é uma cor vibrante e usada para prender a atenção das pessoas.

fastfood

 

Produtos no alcance das crianças

Brinquedos e guloseimas são alguns dos produtos expostos de maneira que fiquem na visão e no alcance de crianças. A explicação é a seguinte: quando uma criança pega um produto é difícil que os pais digam não para ela.

alcancecriança

 

Produtos populares no fundo da loja

Os produtos que são mais procurados como pão, leite e carne geralmente ficam expostos no fundo dos estabelecimentos para que você passe mais tempo exposto a outros produtos que possam chamar a sua atenção e despertem o seu desejo de compra.

Produtos próximos ao caixa

Alguns produtos como revistas, chicletes e doces são colocados estrategicamente próximos ao caixa para que no último minuto da compra você os adquira. Por exemplo, enquanto você espera na fila do caixa uma matéria de uma revista pode despertar seu interesse. Já as guloseimas podem ser a “salvação” para aquelas pessoas que não gostam de moedas como troco.

Carrinho de compras

Você já reparou que os carrinhos de supermercados estão cada vez maiores? A ideia é fazer com que você tenha a impressão de que o carrinho não está totalmente cheio fazendo com que se tenha a sensação de que não comprou o suficiente e necessário.

Essas são apenas algumas das estratégias e truques utilizados para que você compre mais do que planejava. Você conhece mais algum? Deixe seu comentário

Deixe um comentário

Publicidade