Por Luciana Moreira em 9 de setembro de 2015

Criado por uma estagiária de design, o logo da Nike custou apenas $35

Carolyn Davidson

Carolyn Davidson era uma estudante de design da Universidade de Portland State, nos EUA. Enquanto Carolyn se dedicava às aulas de design gráfico, chegou a comentar com uma amiga a respeito do material que precisava adquirir e da falta de dinheiro para comprar uma tinta específica para uma disciplina, a conversa foi ouvida por Phil Knight, que trabalhava como professor assistente de contabilidade e era também um pequeno empresário na Blue Ribbon Sports, empresa precursora da Nike. Sabendo da necessidade da jovem Phil decidiu lhe oferecer um trabalho.

Tudo o que Carolyn precisaria fazer eram alguns trabalhos gráficos, de curta duração, tendo como salário o equivalente a US$ 2 por hora. E assim ela seguiu seu “estágio”, trabalhando com gráficos e temas relacionados.

Algum tempo depois, Phil decidiu que iria criar sua própria empresa de sapatos e para isso precisava de um logotipo, pensou em Carolyn, que já havia terminado seu estágio, e lhe ofereceu uma nova oportunidade. Ela aceitou o trabalho e Knight lhe explicou que queria uma marca que representasse algum tipo de movimento. O trabalho demorou três semanas para ficar pronto, num total de 17,5 horas e Carolyn apresentou seis opções a Knight e seus dois outros sócios Jeff Johnson (que sugeriu o nome Nike) e Bob Woodell. Carolyn veio com a ideia do Nike Swoosh, a marca de “checado” ou “correto” que indicava movimento e velocidade. Também parecia uma asa, que remetia à deusa grega Nike, a deusa da vitória. Knight criticou o trabalho de Carolyn e pediu um tempo para trabalhar em cima das ideias apresentadas pela disgner. Ela apresentou o preço pelo seu trabalho e recebeu $35, equivalentes nos dias atuais a $195.

Carolyn se formou em 1971 e conseguiu um emprego na Nike, onde permaneceu até 1975 quando decidiu tornar-se freelancer. Ela conseguiu vários trabalhos graças ao seu histórico na empresa, que já havia se tornado mundialmente conhecida. Mas esse não é o final da história.

Mais tarde, em 1983, Carolyn Davidson recebeu o reconhecimento merecido pela criação de um dos logotipos mais famosos da história. A Nike a presenteou com uma festa surpresa, lhe deu um anel de ouro e diamantes no formato do Nike Swoosh e 500 ações da empresa, que nunca foram mexidas e hoje somam um total acumulado de 500 mil dólares.

Quanto aos $35 pagos pela criação do logotipo, se você acha que isso é uma grande injustiça devido às proporções que a marca tomou, saiba que a própria designer não vê o caso dessa maneira. Ela diz que fez o preço para o seu trabalho na época e que recebeu por isso, então não há injustiça.

Deixe um comentário

Publicidade
Error, no Ad ID set! Check your syntax!