Por Clarissa Neves em 1 de outubro de 2015

Os novos modelos de trabalho vieram pra ficar?

foto-bucc

Os novos modelos de trabalho estão crescendo e desafiando as organizações a repensarem suas regras e seus modelos para que possam continuar competindo e retendo talentos.

Já os talentos, parecem mais confortáveis com esta mudança que, no fundo, traz mais significado ao que chamamos de trabalho. Isso porque o trabalho sem paixão, sem prazer e sem propósito já não preenche a vida, já não satisfaz quem acredita que pode e deve mudar a realidade pra melhor.

Extrapolando os horários comerciais e os postos físicos, este novo estilo impulsionou ainda mais o empreendedorismo e os modelos baseados em consultoria, que nada mais são do que uma contribuição remunerada a um negócio. Com isso, o número de espaços de coworking tem aumentado no mundo e no Brasil, onde já passam de 100*.

Espaços modernos, com estrutura completa e um baixo custo, se comparado a salas ou andares comerciais convencionais, favorecem o trabalho num modo colaborativo e o networking, já que aumenta a possibilidade de conviver com profissionais de diversas áreas e negócios.

Nesse cenário de crescimento desse mercado, O BUCC – Business Unlocking & Collaboration Centerfoi criado em novembro de 2014 e já conta com mais de 17 negócios em um espaço de 600 m2, situado no bairro de Pinheiros, entre a Vila Madalena e o Parque Villa Lobos, em São Paulo.

Assim como os empreendedores que estão no espaço, as sócias também optaram por mudar o rumo de suas vidas profissionais convencionais. Jéssica trabalhava no RH de uma multinacional e Chris, que tinha seu escritório de Arquitetura, decidiram investir num workspace diferente, que unisse um ambiente mais sóbrio a um clima mais acolhedor, já que a casa possui um jardim privativo, um lounge moderno e uma copa aconchegante, além dos espaços para trabalho.

O BUCC ainda conta com uma programação gastronômica de Food Trucks, happy hours mensais, além de surpresas aos “coworkers”, como o bolo caseiro que é servido às segundas-feiras. “Criamos um ambiente leve para que os clientes se sintam em casa e aumentem sua produtividade.”, complementa Chris.

Segundo o infográfico criado pela OfficeVibe **(consultoria canadense especializada em ferramentas de motivação profissional), no ano de 2020, 40% da força de trabalho será de freelancers, temporários, contratados independentes e empreendedores. Numa pesquisa feita com coworkers, 60% dos entrevistados disse se sentir mais saudável do que quando trabalhava em escritórios tradicionais; 64% falou ter mais facilidade em cumprir prazos trabalhando nesse modelo e 90% se sente mais confiante quando trabalha nesse modelo.

* http://coworkingbrasil.org/como-funciona-coworking/

**https://www.officevibe.com/blog/11-incredible-coworking-statistics-infographic

  • author's avatar

    By: Clarissa Neves

    Publicitária, paulistana, apaixonada por filmes esquisitos e animações. Empreendedora e criadora da Consultoria Oui, além de pesquisadora de novas mídias, modelos de negócios e trabalho.

  • author's avatar

  • author's avatar

    See all this author’s posts

Deixe um comentário

Publicidade