Por Rodrigo Cerqueira em 2 de setembro de 2016

WhatsApp irá passar dados de usuários para o Facebook

O aplicativo de mensagens instantâneas, o WhatsApp, anunciou uma grande mudança em seus termos de serviço e em sua política de privacidade. A nova atualização torna oficial o compartilhamento dos dados cadastrais dos usuários do serviço com o Facebook – que incluem o número do celular, número de identificação, sistema operacional, além da resolução da tela do dispositivo utilizado para acessar o serviço.

001

Reprodução da Internet

A rede social mais popular do mundo adquiriu o WhatsApp em fevereiro de 2014 por US$ 19 bilhões. A colaboração entre os dois serviços vai permitir que, a partir de agora, o Facebook utilize o número de celular e o número de identificação do aparelho para conectar as contas dos usuários nos dois serviços. É possível desligar o compartilhamento, o que impede que as informações sejam usadas pelo Facebook.

Na prática, a integração significa que, se o usuário não informou o número do seu celular no Facebook, a rede social será capaz de usar o número cadastrado no aplicativo para localizar e sugerir pessoas que o usuário conheça. Além disso, essas informações serão usadas pelo Facebook para melhorar a precisão de seus anúncios.

Um comerciante que usa a rede social, por exemplo, poderá informar ao Facebook os números dos celulares de sua base de clientes e, então, a rede social poderá mostrar uma peça de publicidade específica para os usuários que cadastraram aqueles celulares em sua conta – seja no Facebook ou no WhatsApp. Segundo o diretor de comunicação global do WhatsApp, Matt Steinfield, o Facebook não terá acesso às mensagens, fotos e vídeos enviados e recebidos pelo usuário por meio do aplicativo de mensagens instantâneas.

Deixe um comentário

Publicidade