Por Felipe Faria em 2 de fevereiro de 2017

Conheça a nova forma de criar artigos interativos no Facebook

Provavelmente você já deve ter clicado em alguma notícia dentro do Facebook e seu carreamento foi praticamente instantâneo, sem precisar ser aberto em seu navegador. Estamos falando do “Instant Articles – Artigos Instantâneos” , que é uma nova maneira de criar artigos rápidos e interativos na Rede Social, oferecendo uma experiência de leitura incrivelmente rápida e imersiva para o seu público alvo e que, aos poucos, está sendo liberada para as grandes marcas divulgarem seus artigos.

Com essa nova função, seus conteúdos são carregados mais rápido no feed de notícias do seu seguidor, como se fosse um poup-up, ou seja: a partir de agora, em vez de serem direcionados ao seu Blog para ler uma notícia, por exemplo, os usuários poderão acessar o conteúdo hospedado no próprio Facebook, o que torna o carregamento das páginas mais ágil.

O recurso já estava disponível nos Estados Unidos desde maio de 2015, exibindo conteúdo de parceiros como The New York Times, National Geographic, The Atlantic, NBC News e outros cinco veículos. No Brasil, a etapa de teste começou em 2016, e parece que agora, em 2017, outras páginas passarão a usufruir dos benefícios.

Veja na prática:

Como usar o artigos instantâneos em 3 passos?

Passo 1:

Defina qual página será usada e inscreva-se no artigos instantâneos. Como primeira etapa, selecione a página que você gostaria de usar para acessar as ferramentas do Instant Articles. Tenha em mente que qualquer pessoa com um papel de administrador na page também poderá usar as ferramentas.

Passo 2:

Em seguida, você configurará seus artigos, projetará seu estilo e enviará para revisão. Não se preocupe, a plataforma é intuitiva e de fácil manuseio (a etapa de aprovação do artigo demora até 2 dias úteis).

Etapa 3:

Comece a publicar artigos instantâneos. E ah, se você não conseguir encontrar a página que procura, confirme se tem uma função de administrador na mesma.

Pontos Positivos:

  • É rápido e responsivo, pois é usada a mesma tecnologia que exibem fotos e vídeos no app do Facebook, ou seja: os artigos são carregados instantaneamente no News Feed, proporcionando uma velocidade no carregamento muito maior, e os leitores adoram isso.
  • Ele é 10X mais rápido do que os artigos da web móvel padrão.
  • 70% menos probabilidade de abandonar o artigo.
  • Envolvimento e compartilhamento: a experiência de leitura rápida e imersiva inspira as pessoas a compartilhar artigos instantâneos 30% mais frequentemente do que os artigos da web para celular em média, ampliando o alcance de suas histórias no Feed de notícias.
  • Tecnicamente falando, funciona da seguinte forma: ao invés do app do Facebook abrir um link para uma página web dentro do browser que existe embutido no app, o aplicativo simplesmente puxa o conteúdo daquela página web para dentro dele — e exibe o conteúdo seguindo padrões de formatação e código pré-definidos por eles.
  • As empresas poderão vender anúncios dentro do Instant e elas poderão ficar com 100% do lucro, caso a busca seja orgânica. Porém, se o post for patrocinado, ambos irão dividir o lucro, sendo 70% para o produtor do conteúdo e 30% para a equipe do Facebook.

Também foram encontrados alguns comentários negativos e que, a primeiro momento, fazem sentido:

  • Os conteúdos ficariam centralizados apenas em uma rede social. Ou seja, quando você termina de ler um Instant Article, a única opção que ele oferece é o de compartilhar o link no próprio Facebook — nada de Twitter ou Linkedin, por exemplo.
  • A audiência pode não ser contabilizada no blog de origem.
  • Os leitores passarão a não acessar o seu conteúdo em seu domínio, mas sim dentro do próprio aplicativo do Facebook.
  • Menos pageviews e menos impressões de publicidade = redução de faturamento para o veículo que depende de publicidade no blog ou site.

Deixe um comentário

Publicidade