Por Israel Lemos em 6 de março de 2017

Maioria dos internautas pulam ads em vídeos, aponta pesquisa.

Não é novidade pra ninguém que o brasileiro, em sua maioria, adora pular carnaval. Mas a MindMiners descobriu outra coisa que o brasileiro adora pular: publicidades de vídeos.

Segundo a Meio & Mensagem, o estudo, realizado nos dias 8 a 11 de fevereiro deste ano, mapeou o comportamento de mil internautas brasileiros, sendo homens e mulheres entre 12 e 65 anos, de todas as classes sociais. E alguns dados trazem resultados interessantes para a área da comunicação:

– Os conteúdos de maior interesse são trailers de filmes e séries (68%), vídeos educativos e aulas (54%) e notícias e entrevistas (51%);

– As pessoas de 50 anos ou mais consomem principalmente notícias e entrevistas;

– Os jovens de 12 a 17 anos buscam mais conteúdos relacionados a influenciadores virtuais e também relacionados a séries e filmes;

– O aparelho de acesso mais utilizado é o smartphone (90%);

– O YouTube é disparada a plataforma de maior preferência, com 95% dos votos;

– A classe social não fez diferença na avaliação de consumo dos vídeos.

Já com relação aos anúncios em vídeos:

(Imagem: Reprodução/Meio e Mensagem)

(Imagem: Reprodução/Meio e Mensagem) 

Além dessas informações, outro dado fornecido pela M&M é que 42% dos pesquisados não se incomodam com os ads, apesar do elevado número de pessoas que ignoram os vídeos.

Como de costume e de extrema importância numa pesquisa de mercado, fizeram também uma pergunta aberta, questionando o que consideram criativo, na intenção de tornar o anúncio mais atrativo. Ao interpretarem o conjunto de respostas, obtiveram “vídeos divertidos e educativos”, como sendo o modelo que mais agrada o público.

E você, se lembra do último anúncio que surgiu na sua tela e te convenceu a assistir até o final? Era divertido e educativo, como na preferência citada, ou tinha outras características? Deixe aí nos comentários.

Para mais dados da pesquisa, clique aqui

Deixe um comentário

Publicidade