Por Fabio Queiroz em 7 de março de 2017

O acesso à tecnologia e o caminho para conquistá-lo

Entre os dias 27 de fevereiro e 2 de março de 2017, a cidade de Barcelona recebeu o evento MWC (Mobile World Congress), o maior referente a tecnologia Mobile no mundo. Questões mercadológicas e as marcas mais preparadas para a plataforma móvel, Smart Cities; DMP (Data Management Plataform; IOT (Internet of Things); Controle de dados e Netflix, foram alguns pontos levantados durante estes 4 dias de evento, norteado pela tecnologia e o comportamento dos seres que a utilizam.

Reed Hastings, CEO da Netlix, esteve presente no evento e comentou seu interesse em ampliar seus Hubs de produção mundial e trazer ainda mais Creators para o seu lado. Isto fortalece a adaptação do consumidor a titulada OTT (Over the top), entrega de conteúdo audiovisual e outras mídias através da internet. Mas também chama a atenção pela ideia do trabalho colaborativo para desenvolvimento de projetos que ainda não alcançaram seu objetivo, por não terem a oportunidade de serem produzidos e distribuídos com o auxílio necessário.

É claro que isto gera desconforto nos poderosos responsáveis pela Mídia, e é importante saber quais lados existem; das Operadoras e seu alto custo, também limitação de dados e velocidade; das Tv’s a cabo e seu descontentamento de usuários cancelando suas assinaturas à procura de algo mais em conta e de qualidade; do Governo e seus novos impostos contra o Streaming; e o do avanço da tecnologia demandada pelo povo que quer apenas acesso aos múltiplos conteúdos.

Em 2020, o consumo de vídeo na WEB ultrapassará o da TV. Poderia ser apenas um comentário bastante acreditável, mas de fato isso ocorrerá, segundo o Diretor Geral do You Tube, Álvaro Paes de Barros, que recentemente lançou o You Tube TV, na Califórnia.

Eventos como o MWC são importantes para convergir pessoas de interesse em comum em uma sala repleta de novidades tecnológicas e avanços inimagináveis. Porém, também percebemos que alguns lugares ainda não estão preparados para um progresso relativamente pequeno aos demais como a tecnologia Streaming. Imagine um cenário onde toda cidade adere seu funcionamento à tecnologia. A evolução só acontece quando a espécie atual é superada por uma mais avançada, a mais avançada ainda pode ser a nossa, e a internet e suas infinitas usabilidades pode nos auxiliar no processo.

Deixe um comentário

Publicidade