Por Fernando Procópio em 16 de março de 2017

Quanto vale um layout?

Ficou curioso em saber o valor de um layout? Você não deve ser o único!

É difícil saber quanto cobrar por serviços que, na maioria das vezes, são vistos por leigos como “Rapidinhos” ou “É só uma foto e um título”. Infelizmente, este texto não dará valores sobre o mercado, mas felizmente abrirá seus olhos para uma realidade que pouco conhecemos, mas que deveríamos saber.

Todo mercado possui uma forma de remuneração, são valores que levam em conta o tempo gasto, equipamentos utilizados, demanda mercadológica e qualidade no serviço ou produto. Não seria diferente no mercado comunicacional. Mas, quais seriam os valores dos serviços que você executa na agência em que trabalha? Você saberia cobrar por um freela?

É aqui que a coisa complica: muito de nós não fazemos a mínima ideia dos valores cobrados no mercado da comunicação. Isso gera grandes problemas, um deles está relacionado à valorização do profissional, interferindo inclusive no salário. Afinal, como você pretende se valorizar no mercado sem ao menos saber o valor do que você produz?

Saber os custos e processos pode ser uma tarefa difícil, mas não impossível. Há sempre uma solução. A primeira dica é buscar conversar com seus colegas de trabalho e compartilhar esses questionamentos com eles. Não esqueça que se trata do ambiente onde você passa aproximadamente 8 horas por dia, alguém saberá responder.
Procure ou solicite orçamentos de empresas que façam serviços semelhantes aos oferecidos por sua agência, assim você poderá ter noção do real cenário. Mas se não conseguir essas informações, procure no site do Sindicato das Agências de Propaganda do seu estado, o SINAPRO. Nesse caso, as informações são atualizadas anualmente com os valores referentes ao mercado.
Caso surjam outros questionamentos, você deve ligar para o sindicato e tirar todas as suas dúvidas.   

Assim como todo conteúdo teórico e prático aprendido dentro e fora da faculdade, saber essas informações é essencial para todo profissional. Agora não tem desculpa pra não estar por dentro do mercado, pegar tranquilo aquele freela e receber o valor justo pelo seu trabalho.

Deixe um comentário

Publicidade