Por Tiago Bezerra em 31 de março de 2017

O que Tony Stark faria?

Todo mundo já deve ter sonhado em um dia se tornar um Tony Stark no que faz. Já pensou: um Tony Stark da Propaganda. Parece bom, né? Bilionário supertalentoso que cria uma coisa genial atrás da outra. Mulheres, fama, dinheiro, mulheres, fama, mulheres, dinheiro, mulheres.

Já se perguntou o que você faria se fosse o Tony Stark da Propaganda? Uns diriam: nunca mais vou trabalhar. Outros: vai ter festa todo dia e outras muitas variações da mesma coisa. Mas peraê! Vamos dar um rewind aí na memória até o primeiro filme do Homem de Ferro.

Em resumo, o playboy bilionário é sequestrado por terroristas. No cativeiro (uma caverna sem recursos) ele melhora a ideia do Reator Arc e cria a armadura para salvar o mundo, palmas pra ele aê!

(Imagem: Reprodução/Google)

(Imagem: Reprodução/Google)

Ok, ok. Aí o que ele fez depois de ser um bilionário, herói, de ter feito uma versão melhor do Reator Arc e uma armadura inovadora para fugir do cativeiro? Dormiu o fim de semana todo? Foi pra balada curtir as gatas? Não. Ele foi pra oficina e começou a melhorar a armadura. Meticulosamente alinhou cada detalhe, cada parafuso. Desde a forma de vestir e tirar a armadura até a resistência ao gelo. Tudo.

Agora adianta um pouco aí pro segundo filme. Lá na parte que ele veste a armadura na pista de corrida. É igual? Não! O cara agora tem uma maleta sensacional que é só pisar nela que a coisa toda vira a armadura. Praticamente uma versão mobile da armadura.

(Imagem: Reprodução/Google)

(Imagem: Reprodução/Google) 

Bacana. Aí ele parou por aí? Claro que não. No terceiro filme a coisa toda fica ainda mais incrível. Instalou sensores no corpo que davam à ele a possibilidade de controlar tudo à distância. Louco, louco, louco.

Mesmo sendo o Tony Stark, o cara não parou de melhorar, de aperfeiçoar os detalhes. Você já parou pra pensar quantas atualizações fez na sua pasta este ano? Já parou pra pensar quantas versões melhores da ideia você poderia ter apresentado pro seu Diretor de Criação? Quantos cursos extras fez? Quanto você tentou melhorar como profissional?

Quer um conselho? Entra lá na sua oficina mental e comece um upgrade agora mesmo. E antes de imaginar a glória, o dinheiro e o sucesso pense aí dentro de você: o que Tony Stark faria? Seria melhor todo dia.

Deixe um comentário

Publicidade