Por Bruno Haulfermet em 3 de abril de 2017

O papel que muda tudo

Quantas pessoas você conhece que moram em determinado lugar e pouco sabem sobre ele? Gente que mal decora nome das ruas ou acha que algum estabelecimento é novo, quando na realidade ele já está lá há meses.

Rich McCor, um fotógrafo de Londres, era uma dessas pessoas.

Um dia decidiu sair do status de morador para a posição de turista, passando a explorar locais que nunca tinha se permitido. Mas Rich não queria apenas ser um observador: queria atuar sobre o cenário que vislumbrava. E a melhor forma que encontrou de modificar o ambiente foi misturá-lo com figuras de papel, criando novos contextos.

“Minha primeira ideia foi transformar o Big Ben em relógio de pulso. Quando eu estava lá tirando fotos, meu trabalho foi notado por um homem e sua filha, que ficaram instantaneamente interessados no que eu estava fazendo. Foi o entusiasmo deles que me fez expandir este projeto”.

Algumas ideias de Rich surgem de imediato, outras ficam rondando sua cabeça até que sejam lapidadas. Em geral, levam 15 minutos para que ele possa encaixá-las no cenário diante de si, casando perfeitamente o pedaço de papel com a localidade.

A fim de produzir fotos cada vez mais diversificadas, Rich viaja pelo mundo clicando pontos turísticos famosos, mesclando-os com suas ideias. Sua aventura já conta com mais de 255 mil seguidores no Instagram até o momento. Abaixo você confere algumas imagens selecionadas.

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução)

(Imagem: Reprodução) 

 

Fonte

Deixe um comentário

Publicidade