Por Luciana Viana em 12 de abril de 2017

Um Troféu Imprensa regado de emoção e grandes encontros

O 59º Troféu Imprensa, que aconteceu no último domingo, 09 de abril, foi marcado pela emoção, por um cheirinho de renovação, com um novo jurado referência na internet e redes sociais. Os prêmios foram dados à artistas não tão tradicionais, e houve um clima de despedida, deixado no ar pelo próprio dono da emissora, o comunicador e apresentador Silvio Santos.

No programa, que permaneceu no ar por mais de três horas, o “dono do Baú” falou muito sobre sua família e sua participação na emissora – até brincou dizendo haver nepotismo no SBT. Silvia e Patrícia Abravanel receberam troféus com relação ao ano de 2015 e ganharam suas categorias, também pelo ano de 2016.

Ainda em família, o prêmio final, que premiava o melhor programa de auditório e que teve uma votação silenciosa, onde os votos eram colocados em uma caixa preta que foi aberta apenas no momento da premiação, Patrícia, que recebia seu troféu, fez a vez do pai homenageando-o com o último prêmio da noite.

Os momentos emocionantes foram marcados por Carlos Alberto de Nóbrega, Jô Soares e seu retorno à emissora, com direito a discurso e lágrimas, Eliana anunciando sua gravidez e Celso Portioli contando sua trajetória no canal. Todos fizeram verdadeiras declarações de amor à Silvio Santos, que sempre descontraído, se esquivava dos elogios rasgados.

(Imagem:Reprodução/ Site Hugo Gloss)

(Imagem:Reprodução/ Site Hugo Gloss)

O humor foi garantido por Danilo Gentili e sua equipe, que receberam seus troféus do ano passado vestidos como o símbolo maior do prêmio, o troféu. Silvio ficou em êxtase e elogiou muito a ideia. Hugo Gloss, o blogueiro Bruno Rocha, também não passou despercebido e não fez feio em seu primeiro ano como jurado na bancada da Premiação.

Na semana passada, Silvio chegou a anunciar que passará o comando do SBT para suas filhas, o que já pode ser visto gradativamente na grade da emissora, com maior espaço para suas herdeiras. O que nos resta saber é: saberemos viver sem Silvio Santos e como será essa transição até a aposentadoria do maior comunicador brasileiro?

Deixe um comentário

Publicidade