Por Israel Lemos em 4 de maio de 2017

Novo filme da Turma da Mônica será lançado em 2018

Na segunda-feira, 1, foram abertas as inscrições para o elenco do novo filme da Turma da Mônica, intitulado de “Laços”. Assim como alguns remakes da atualidade, pela primeira vez, o longa-metragem da turma será gravado com atores mirins reais, que terão o privilégio de representar personagens marcantes da infância de muitos brasileiros.

Além da autorização dos pais, as crianças que desejam participar do processo de seleção devem ter entre 8 e 12 anos e publicar um vídeo de até 1 minuto no YouTube, no intuito de demonstrar um pouco de sua personalidade. Após, é preciso preencher uma ficha de inscrição no site oficial do filme, que você pode acessar clicando aqui. Mas é preciso ficar esperto, pois, de acordo com o cronograma, a fase de inscrições se encerrará no próximo dia 15.

(Imagem: Reprodução/Turma da Mônica)

(Imagem: Reprodução/Turma da Mônica) 

A estreia do filme está prevista para julho de 2018 e, por enquanto, a única vaga preenchida é a do cão Floquinho, que tem extrema importância no enredo por desaparecer e motivar a turma a encontrá-lo.

Apesar de ser um lhasa apso branco, será utilizada computação gráfica ou jogo de luz branca para replicar a cor verde do personagem tão conhecido nas HQs. E o intérprete do Floquinho, além de morar com um treinador desde filhote para facilitar a atuação no filme, já possui uma página no Facebook e uma conta no Instagram divulgando sua vida “fora dos quadrinhos”, conforme dito em seus perfis.

(Imagem: Reprodução/Instagram)

(Imagem: Reprodução/Instagram)

(Imagem: Reprodução/Instagram)

(Imagem: Reprodução/Instagram) 

Segundo a Folha, Maurício de Sousa, produtores e demais envolvidos não estão muito preocupados com as semelhanças físicas das crianças com os personagens e devem levar em conta outros fatores:

depoimentos

Apesar dos personagens serem estampados com frequência em vários tipos de produtos, o criador dos quadrinhos tratou o filme como uma porta para merchandising, porém, não quer que essa parte comercial interfira no roteiro do filme. Sua preocupação maior é de priorizar quem são os personagens para facilitar a entrada de novos produtos em mercado estrangeiro, já pensando em franquias.

Deixe um comentário

Publicidade