Por Tiago Bezerra em 4 de agosto de 2017

O processo criativo não para na ideia

É incrível como ainda tem gente que acha que ter uma ideia já é o suficiente para ter um bom trabalho. Um processo criativo não para na ideia, porque uma ideia não vale nada sem uma boa execução.

Lendo alguns materiais sobre Gerenciamento de Projetos e Gestão do Tempo, vi ideias bem interessantes que funcionam e ajudam muito na hora de montar seu processo criativo.

A dica nº1 é: cronômetro. Parece coisa de militar, mas a disciplina de cronometrar o processo criativo ajuda você a ter foco. Ainda mais porque tem gente que adora a pressão do tempo acabando. Os números correndo vão dar essa sensação, acredite.

A dica nº2 é: teste. É óbvio, mas é bom falar. Antes de decidir se a ideia é boa ou não, teste ela em outros meios. Imagine como a mídia noticiaria, como as pessoas postariam no Twitter ou no Facebook. Testando a ideia você consegue visualizar como ela vai reverberar.

A dica nº3 é: 80% pra execução. Esse é o momento mais importante. Separe a maior parte do tempo para a execução da ideia. Assim como não é legal você parar na primeira ideia, não pare na primeira execução. Reescreva, procure outro ponto de vista, outro ângulo, vai ser foto mesmo ou uma ilustração fica melhor?

Foram essas as principais dicas que pesquei e já estou implementando no meu processo criativo. Hoje mesmo já escrevi 6 roteiros pra mesma ideia. E ainda assim acho que não está bom. Essa é a nossa vida.

Deixe um comentário

Publicidade