Por Tiago Bezerra em 22 de setembro de 2017

Como os contos ajudam na hora de criar propaganda.

Para começar, a primeira coisa que você precisa saber é: o que é um conto?

Resumidamente, conto é uma narrativa breve de ficção com poucos personagens, unidade dramática e precisão de palavras. Também achou parecido com propaganda ou foi só eu?

Se você encarar a propaganda como um micro recorte de uma história maior, você vai começar a ver que os contos são ótimas referências. Principalmente para definir bem as personagens com poucas palavras e focar na ação dramática, que é o mais importante. Às vezes, poucas palavras resumem tudo que precisamos saber.

Em um filme sobre a vida de Ernest “Papa” Hemingway, tem uma cena incrível que mostra isso. Hemingway pede para o jornalista dizer um número, o escolhido é 6. Papa pensa um pouco antes de escrever num pedaço de papel a seguinte frase: “VENDO SAPATOS DE BEBÊ NUNCA USADOS”. Pronto, uma história completa com apenas 6 palavras.

Pausa para recuperar o fôlego.

Muitos contos trazem outros ótimos exemplos. Vale muito a pena ver como Gabriel García Márquez resume uma sequência de sensações com poucas palavras ou descrevendo apenas um gesto. O que ajuda muito na hora de contar uma grande história em 60” ou 30”.

Acho isso importante, porque acredito que propaganda deve contar a história da marca de um jeito envolvente para conseguir fãs antes de consumidores. Para isso, nada melhor do que seguir os conselhos dos grandes mestres em contar histórias.

Deixe um comentário

Publicidade