Por Ighor Ferreira em 10 de outubro de 2017

Burger King invade sessão de “It – A Coisa” e usa alívio cômico para falar do McDonald’s

O filme It – A Coisa, baseado no romance homônimo de Stephen King (e que é considerado a obra-prima do terror) foi lançado mundialmente em Setembro e já é o filme de terror com maior bilheteria da história. Levando isso em conta, com uma estratégia muito bem pensada, a Burger King invadiu uma das sessões do filme na Alemanha e, após o fim da película e antes dos créditos, projetou a seguinte frase com um holofote na tela:  

(Imagem: Reprodução/Washington Times)

(Imagem: Reprodução/Washington Times)

Em uma tradução livre, a mensagem ao lado do logo da rede de fast food diz “Moral da história: nunca confie em um palhaço” em uma referência direta à mascote da marca concorrente, Ronald McDonald. A ação garantiu a risada de todos que estavam na sessão e foi um alívio cômico perfeito para o fim de um filme de terror desse porte. Na conta oficial da BK alemã no YouTube, foi divulgado um vídeo apresentando o case e divulgando a hashtag oficial da campanha “#nevertrustaclown”:   

 

A ação, na verdade, foi só mais um capítulo de uma saga de cutucadas que as marcas dão uma na outra ao longo de mais de 50 anos. Curiosos apontam que tudo começou quando o McDonald’s comprou a Dairy Queen na década de 60 e acabou com o sonho da Burger King de ser a maior representando o universo do fast food e sorvetes. Desde então, ambas trocam alfinetadas sutis (ou não) e bem-humoradas nas publicidades, aqui estão alguns exemplos, como esse vídeo de um casal que amou o fato de ter McDonald’s em todos os lugares no caminho até a Burger King:

 

Ou esse comercial que pretendia abordar a preferência do público:

 

E esse que mostra uma certa mascote comprando na concorrência:

 

Além de uma série de publicidades outdoor com várias alfinetadas sobre o tamanho dos produtos, e até uma fantasia de Halloween muito criativa:

(Imagem: Reprodução/Social Media London)

(Imagem: Reprodução/Social Media London)

 

 

(Imagem: Reprodução/Wordpress)

(Imagem: Reprodução/Wordpress)

 

(Imagem: Reprodução/Business Insider)

(Imagem: Reprodução/Business Insider)

 

(Imagem: Reprodução/Adweek)

(Imagem: Reprodução/Adweek)

Existiu uma tentativa recente, em 2015, de selar a paz entre as duas empresas quando a Burger King convidou o McDonald’s para usarem os principais ingredientes dos seus dois carros-chefes e assim criarem o McWhopper, um hambúrguer para ser distribuído no Dia da Paz. A campanha se tornou um grande viral e foi comentada nos principais veículos do mundo todo, mas infelizmente, a McDonald’s se mostrou um pouco rancorosa e não aceitou a proposta. Confira o vídeo do convite:

 

Sobre a campanha mais recente que usou como plataforma o filme “It”, a ação teve autoria da agência Grabarz & Partner e foi uma sacada genial, diferente da ação tomada pela Burger King da Rússia: os representantes russos da linha de fast food divulgaram uma nota formal em tom de reclamação solicitando que o filme fosse retirado dos cinemas locais por gerar uma “publicidade gratuita” para o McDonald’s já que o palhaço Pennywise, protagonista do longa, se assemelha a Ronald McDonald, mascote da empresa concorrente. Viagem, né? :P  

Deixe um comentário

Publicidade