Por Ighor Ferreira em 5 de dezembro de 2017

Conheça o Messenger Kids, versão lançada pelo Facebook com mais segurança e controle parental.

Todos nós sabemos que, atualmente, crianças já desde muito novas aprendem a usar funções de celulares que nós, até hoje, não sabemos. Elas já sabem, com pouca idade, abrir o YouTube e colocar no vídeo do Mundo Bita, Galinha Pintadinha, já sabem fazer selfies e, se seguirmos por esse caminho, saberemos que assim que souberem juntar sílabas em palavras, já estarão prontas para usar aplicativos de mensagens instantâneas como o WhatsApp, o Telegram ou o Messenger do Facebook.

Nos EUA, existe uma lei que protege menores de idade na internet como uma forma de combater crimes cibernéticos como a pedofilia, o que não é um problema isolado de lá, visto que aqui mesmo no Brasil se enfrenta uma alta quantidade de crimes desse tipo anualmente. Levando isso em conta, grandes empresas como o Facebook exigem a idade mínima de 13 anos para que usuários façam uso dos seus produtos.

Pensando nisso, e buscando atingir os novos públicos, cada vez mais jovens e conectados que já nasceram na era digital, o Facebook lançou o Messenger Kids, aplicativo de mensagens instantâneas que permite a conversa entre os pequenos desde que os contatos sejam previamente aprovados pelos pais.

(Imagem: Reprodução/The Verge)

(Imagem: Reprodução/The Verge)

Tudo funciona baseado na aprovação parental, oferecendo aos pais mais controle e segurança na hora de permitir que os seus filhos se conectem apenas com uma lista restrita de usuários. O Facebook também se pronunciou falando que, por hora, não existem anúncios, nem monitoramento de dados ou transações bancárias por meio do app: a intenção é inserir as novas gerações na era em que vivemos para que quando elas cheguem na idade permitida para usar a rede social, já estejam acostumadas com seu funcionamento.

Confira o vídeo em inglês que mostra o funcionamento do app, com seus filtros de realidade aumentada, GIFs, quadros e stickers personalizados para as crianças. Ele será lançado inicialmente para iOS e posteriormente para Android:


Deixe um comentário

Publicidade