Por Reinaldo Del Trejo em 6 de dezembro de 2017

Guerra infinita: atendimento vs criação

Forcei a barra no título? Sim. Mas foi só pra te chamar até aqui e você pensar um pouco a respeito desse embate épico que acontece diariamente em todas as agências de publicidade do Brasil e do mundo.

O criativo recebe o briefing e já faz cara feia antes de analisar a situação. Como se fosse um Don Draper da vida. A verdade é que o atendimento é seu amiguinho, sim. Queira você ou não. Porque a lógica capitalista é a seguinte: Cliente satisfeito = Job na mão = Grana pra Agência = Seu salário no começo do mês para comprar as coisas esquisitas que você tanto gosta.

Sempre que receber um briefing que você acredita estar incompleto, ao invés de fazer cara de poucos amigos, senta do lado do cara e debate o assunto. No jornalismo, há uma lógica do LEAD, que funciona a partir de: O quê, onde, como, por quê e quando. Se você não tiver essas informações na mão, fica impossível produzir um conteúdo de qualidade tanto no Jornalismo, quanto na publicidade.

E quando o amigo atendimento criticar seu job. Pense o seguinte: não existe perfeição, então se ele que está sempre em contato com o cliente acredita que tem algo errado, por que diabos você não pode lapidar o texto um pouco mais? Você já escreveu o título umas 15 vezes, mudar uma pegada mais uma vez vai ferir tanto o seu ego assim?

Na série Mad Men, é normal ver o bonitão do Drapper gritando com os clientes: “Eu que entendo de comunicação, vai ser assim e blá blá blá.” Mas na vida real, você tem que tratar o cliente com carinho, impondo aos poucos as estratégias e táticas de comunicação, para que ele continue pagando o seu salário e os jobs continuem a brotar na sua mesa.

Agora que você tá com o ego ferido, vou acabar de te matar: se você não alcançou o objetivo do planejamento e atendimento, o seu texto tá um lixo. Por mais poético que possa parecer, se a sua ideia não tem um objetivo específico, está errada.

Sem choro, abre o briefing de cinco páginas e leia. Larga de ser preguiçoso, o atendimento/planejamento fez esse documento especialmente para você. E lembre-se: birra em Agência não gera nada além de job mal feito.

 

Deixe um comentário

Publicidade