Por Elionardo Souza em 12 de janeiro de 2018

Coca-Cola anuncia uma de suas maiores reformulações

Mesmo sendo o terceiro refrigerante gaseificado mais vendido dos EUA, a Diet Coke registrou queda de 4,3% em 2017. No mercado desde 1982, a bebida se mostrou distante dos consumidores de bebidas açucaradas.

Com as novas gerações tornando-se consumidores ativos com hábitos de consumo muito mais conscientes e saudáveis, a compra de bebidas com adoçantes artificiais também diminuiu, preocupando não só a Coca, mas também seus concorrentes.

A empresa pretende, com o novo visual e sabores, atrair novos consumidores, além dos atuais fãs do produto.

Estamos modernizando aquilo que tornou a Diet Coke tão especial para uma nova geração“, disse Rafael Acevedo, diretor do grupo americano do produto, no website da Coca-Cola.

(Reprodução/Internet)

(Reprodução/Internet)

O novo posicionamento da empresa é uma clara tentativa de aproximação desse público mais jovem, com uma total reformulação na aparência e nos sabores: “re-energizing and modernizing Diet Coke for a new generation of drinkers”.

Os novos sabores são: limão com gengibre, cereja, manga e laranja, e estarão disponíveis nos EUA ainda este mês.

(Reprodução/Internet)

(Reprodução/Internet)

As latas antigas continuarão nas prateleiras, e os quatro novos sabores com as novas latas servirão como uma opção.

O rebranding durou dois anos e foi desenvolvido pela Kenyon Weston, do Reino Unido. Durante pesquisas e testes, chegaram a 30 sabores diferentes, até serem escolhidos os últimos 4, que seriam os oficiais.

Imagem 03

(Reprodução/Internet)


Deixe um comentário

Publicidade