Digite para buscar

Netflix divulga a revolução trazida por 13 Reasons Why

Elionardo Souza 23 de Março de 2018
Share

A Universidade Northwestern divulgou uma pesquisa global sobre as conversas que foram iniciadas a partir da série 13 Reasons Why, da Netflix. Série que explorou temas como bullying, violência sexual e suicídio.

A pesquisa buscou entender o papel que a série teve em motivar conversas entre pais e adolescentes sobre temas difíceis, assim como o efeito que ela gerou no comportamento de quem a assistiu.

Sobre a pesquisa, o Vice-Presidente de Séries Originais da Netflix, Brian Wright, falou:

Como a série aborda temas difíceis, acreditamos desde o início no potencial para se tornar um poderoso agente de mudança. Logo após o lançamento da primeira temporada, observamos que os temas controversos abordados pela série estavam sendo debatidos no mundo todo e percebemos que tínhamos a responsabilidade de apoiar essas importantes discussões. Para descobrir se a série realmente originou diálogos entre adolescentes e pais, e entender como isso aconteceu, encomendamos um estudo global ao Centro de Mídia e Desenvolvimento Humano da Universidade Northwestern – instituição com forte atuação em pesquisas sobre o impacto da mídia em crianças e adolescentes.

Mais de 5 mil adolescentes e pais de 5 países diferentes, incluindo o Brasil, foram ouvidos pela pesquisa. 71% disseram que se identificaram com a série e quase três quartos afirmaram que 13 Reasons Why os ajudou a lidar melhor com esses temas difíceis.

Além disso, no Brasil, os principais resultados da pesquisa foram:

– Aproximadamente três quartos dos adolescentes e jovens adultos relataram que tentaram ser mais atenciosos com a forma com que tratavam os outros depois de assistir à série;

– Mais da metade dos adolescentes espectadores pediram desculpas pela forma como haviam tratado alguém; e mais de dois terços se sentiram motivados a ajudar alguém que estava deprimido, sofrendo com bullying ou que tenha sofrido uma violência sexual;

– 58% dos espectadores adolescentes afirmaram que se sentiram mais confortáveis para conversar com seus pais sobre temas difíceis;

– 90% dos pais relataram que, após assistirem a 13 Reasons Why, conversaram com seus filhos sobre os tópicos abordados na série.

Ainda na primeira temporada, a Netflix disponibilizou um site (http://13reasonswhy.info) para ajudar pessoas que precisassem de orientações sobre os assuntos abordados em 13 Reasons Why, além de uma série de ações que envolvem a produção. Com a nova pesquisa, foi revelado que apesar da maioria dos pais acharem que a série levantou questões importantes, eles também gostariam que a produtora tivesse fornecido mais informações de apoio. Com isso, antes do lançamento da segunda temporada, a Netflix tomou algumas medidas que indicam que eles ouviram os pesquisados:

– Dois terços dos pais pesquisados pediram que os atores saíssem de seus personagens para falar sobre como conseguir ajuda. É justamente isso que vamos fazer, com uma apresentação especial do elenco no início de cada temporada.

– Ao tomar conhecimento de que mais da metade dos pais gostaria que apresentássemos orientações de especialistas em saúde mental, nós acrescentamos novos recursos ao 13ReasonsWhy.Info, que agora vai incluir um guia para ajudar pais e adolescentes a iniciar essas difíceis conversas.

– Para muitos pais, o especial 13 Reasons Why: Tentando Entender os Porquês forneceu informações relevantes para uma conversa com seus filhos adolescentes. Para a segunda temporada, teremos um novo especial que contará com a participação de muitos atores, especialistas e educadores que colaboraram com a nossa abordagem dos temas.

– Estamos trabalhando com vários grupos ao redor do mundo para fornecer apoio às suas comunidades em relação aos temas apresentados na série. Saiba mais aqui.

A Netflix ainda falou que, com as ações tomadas, espera colaborar para gerar diálogos mais significativos com o lançamento da segunda temporada este ano.

Se você ou algum conhecido estiver enfrentando questões de saúde emocional e mental, acesse 13ReasonsWhy.info para saber onde buscar ajuda.

Elionardo Souza

Gente fina, começando pela canela. Cursando o último ano de Publicidade, com muita vontade de aprender e participar de tudo relacionado a minha profissão. Acredito que a melhor parte de ser publicitário é, na maioria das vezes, mostrar as pessoas o lado bom das coisas. Adoro fazer um pouco de tudo e participar de todo o processo criativo, o que eu mais gosto de fazer é compartilhar!

  • 1