Digite para buscar

O poder do Marketing Gentil

Juliana Medeiros 24 de Maio de 2012
Share

É, temos muitos problemas de atendimento a nossa volta! O caixa mal educado, a falta de atenção do banco e a internet que não funciona como deveria. Os marketeiros esforçam para que suas campanhas sejam fabulosas e ganhem prêmios… Sarcasmo, ironia e humor.

Mas, sempre falta algo, neh…. Gentileza!? Serve e sempre cai bem. Quantas empresas em seus budgets homéricos ou simplórios separam uma verbinha para ser gentil com seu cliente?

Como profissional sempre achei que o olhar pessoal ao receber uma reclamação, a atenção despendida, acompanhar a ação, o toque pessoal… Sempre foram fatores para que as ações dessem certo. Não existe uma definição teórica ou prática. É uma interação, uma marca querendo ser gentil… Como na rua, como seu amigo, como um vizinho. Ei, quero ser lembrada positivamente por você!

Hoje, como cliente, fui visgada pela gentileza da Porto Seguro! Isso não é um jaba, mas acho que vale a pena falar de bons exemplos.

Esqueci mais uma vez a luz interna do meu carro acessa… A luz do painel acendia, mas o carro não ligava! Oh céus, fundi o motor!? A rebimboca da parafuseta quebrou!? É melhor ligar para o seguro!

OK! 60 minutos de espera é melhor que falar 1 hora (marketing, rlz), enfim ainda bem que estava em casa … Para surpresa, demorou apenas 20 minutos o socorro chegar! (100 pontos)

O moço, Sr. Peter, muito gentil antes de verificar o que acontecerá, pegou meus dados e entregou um pacotinho cheio de guloseimas e estampado com a campanha “Trânsito Gentil” . Enquanto ficava maravilhada com tal gentileza da PORTO SEGURO em fazer isso e pensando na logística para atender a demanda da “gentileza” e em quais situações era usada e que isso tem tudo haver com a campanha deles.

O técnico entrou em ação e em alguns minutos já havia colocado minha lata velha para funcionar.

– Eh, acho que alguém esqueceu a luz interna acessa!

Vocês já foram surpreendidos de forma positiva com algum serviço ou marca? Mais uma lição para levar o mercado!

Tags:
Juliana Medeiros

Publicitária, marqueteira, ouvidora de profissão e escritora nas horas vagas. Sempre antenada na criatividade dos publicitários, redes sociais e música.

  • 1