Digite para buscar

Vocabulário Publicitário – Parte I.

Diego Luís 29 de novembro de 2012
Share

Toda área de atuação profissional possui alguma dificuldade. O marketing e a publicidade não fogem dessa premissa. Para um jovem estudante que acabou de adentrar a faculdade de Marketing ou Publicidade e Propaganda, e que nunca teve contato com o mundo publicitário, uma das dificuldades são os termos e o vocabulário usado no cotidiano desse profissional. Palavras como approach, brainstorm e brand podem tornar-se uma dor de cabeça no momento de realizar um trabalho na faculdade. Para facilitar o engajamento de todos os admiradores, estudantes e profissionais do ramo publicitário uma coleção de termos e seus significados serão postadas nas próximas semanas.

Confira a primeira parte dessa série de termos e significados. De A a F:

ABA – Associação Brasileira dos Anunciantes. Organização que representa os interesses de alguns dos principais anunciantes do Brasil

ABAP – Associação Brasileira de Agências de Publicidade. Entidade responsável por defender os interesses das agências associadas à indústria de comunicação.

ABERT – Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão. Entidade responsável por defender o interesse das emissoras de rádio e televisão

ABP – Associação Brasileira de Propaganda. Instituição que defende e representa os interesses das atividades publicitárias.

Account executive – executivo de contas – conhecido também como contato de uma agência de publicidade que se encarrega de um ou mais clientes.

Ad – anúncio impresso – gráfico, que s publica em uma revista ou periódico.

Ad hoc – trabalho feito sob encomenda, especialmente para um cliente. Termo geralmente utilizado na área de pesquisa.

ADVB – Associação Dos Dirigentes De Vendas Do Brasil – entidade que congrega profissionais da área de marketing e propaganda.

Advertiser – anunciante – usa dos veículos para divulgar produtos e serviços.

Advertising – publicidade, propaganda.

Advertising agency – agência de publicidade – empresa que se dedica à criação e veiculação e até mesmo servindo de consultoria para organizações voltadas a marketing ou mesmo iniciantes na área publicitária.

Advertising budget – orçamento de publicidade – relação de despesas e ou investimentos em comunicação (propaganda, promoção, merchandising, relações públicas).

Advertising man / woman – publicitário – publicitária – pessoa ou pessoas que se dedicam profissionalmente em atividades de comunicação.

Advertising message – mensagem publicitária – anúncio.

Advertising mídia (média) – meios publicitários – recursos utilizados para levar uma mensagem a um público objetivado ou em geral.

AEPAL – associação brasileira das empresas de propaganda ao ar livre – entidade que congrega as principais empresas que fazem propaganda ao ar livre, tais como painéis, luminosos, placas em prédios e ruas, outdoors e assemelhados.

Agência – 1. Empresa dedicada à arte e técnica da propaganda. 2. Empresa especializada em agenciar modelos e intérpretes.

All-type – anúncio de jornal ou revista, outdoor ou qualquer outro tipo de material impresso apenas com frases escritas, sem nenhum tipo de ilustração.

Alto-contraste – efeito empregado em fotografia (estática ou cinematográfica) para eliminar os meios-tons, deixando apenas os contornos em preto-e-branco ou nas cores dominantes.

Amplifier – amplificador de som.

ANEP – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE EMPRESAS DE PESQUISA – entidade responsável por defender os interesses dos principais institutos de pesquisa do país.

ANER – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDITORES DE REVISTAS – entidade responsável por defender os interesses das principais editoras de revistas do país.

Animatic – esboço de um comercial de televisão ou cinema, feito com ilustrações e movimentos básicos, de forma a explicar melhor como será o resultado após sua efetiva produção. Geralmente empregado em pesquisa, para fazer pré-teste de comerciais.

ANJ – ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE JORNAIS – entidade que tem o objetivo de defender os interesses dos principais jornais do país

Announcer – anunciante

Answer print – copião – cópia final do positivo de uma filmagem de cinema ou televisão.

Anúncio – peça publicitária em revista ou jornal. Também utilizado como sinônimo de qualquer peça de propaganda.

Anúncio cooperado – anúncio feito por mais de uma empresa, em conjunto, com os custos divididos entre elas. O exemplo mais comum está nos anúncios de lojas de varejo que destacam as marcas de determinados fabricantes.

APP – ASSOCIAÇÃO DOS PROFISSIONAIS DE PROPAGANDA – entidade, sediada em São Paulo, que reúne empresas e profissionais da área de propaganda.

Approach – abordagem, em inglês. Termo utilizado para definir a linha de comunicação adotada ou o gancho criativo da peça de propaganda.

Arte – qualquer ilustração utilizada para compor uma peça publicitária. Arte-final – ilustração em sua forma definitiva seja ela de desenhos, símbolos ou letras.

Atendimento – 1. Área da agência (do veículo, produtora ou fornecedor) que atende os clientes da empresa. 2. Profissional que cumpre a tarefa de atendimento. 3. Ato de atender a um cliente, ou seja, trabalhar de forma permanente e regular para ele.

Atingimento – 1. Neologismo criado pelos profissionais de marketing e comunicação. 2. Ato de atingir um consumidor através de mensagem publicitária. 3. Região geográfica ou segmento de consumidores cobertos por um meio ou veículo de comunicação.

Attitude test – pesquisa de opinião pública – que determina o comportamento do consumidor referente a um produto ou serviço.

Atwork – trabalho de arte – ilustração, montagem de um anúncio.

Audiência – pessoas atingidas pelos veículos de comunicação. Termo aplicado tanto para definir as pessoas que ouvem determinada emissora de rádio como as que assistem a determinado canal de televisão ou leem determinado título de jornal ou revista.

Audiência acumulada – soma das audiências obtidas pelo emprego de diversos meios e veículos de comunicação, com o uso de diversos programas, diversas mensagens e/ou a repetição delas. Pode ser bruta ou líquida.

Audiência bruta – somatória de todas as audiências obtidas, sem descontar as duplicações.

Audiência líquida – volume total de audiência obtida, descontadas as duplicações. Soma dos que viram, ouviram ou leram a mensagem no mínimo uma vez, contando apenas uma vez cada pessoa.

Audiência média – 1. Volume habitual de audiência de um veículo. 2. Média das audiências obtidas com o emprego de diversos veículos de comunicação ou programas.

Audiência primária – audiência obtida prioritariamente por um veículo de comunicação (ou programa); como, por exemplo, as crianças em um programa infantil, os assinantes de uma revista, os compradores de um jornal, etc.

Audiência secundária – audiência obtida entre pessoas às quais o veículo (ou programa) não é destinado; como, por exemplo, os adultos em um programa infantil e as pessoas que pedem emprestado uma revista ou um jornal.

Áudio – parte audível, sonora de filmagem, gravação.

Áudio mixer – equipamento que serve para misturar vários sons em gravações.

Autorização – documento entregue pela agência ou anunciante autorizando a veiculação de mensagem publicitária em um veículo de comunicação.

Avaliação – na área de mídia, tanto pode ser o trabalho inicial de análise do que as marcas concorrentes estão fazendo em termos de propaganda, como o estudo da melhor alternativa (plano) de mídia a ser empregada, ou a comparação entre os objetivos definidos e os resultados efetivamente alcançados.

Backbus – Publicidade realizada parte traseira do ônibus, de forma que toda a parte traseira seja coberta por anúncio.

Back projection – técnica de cinema que consiste em projetar por trás de uma cena outra imagem já existente. O exemplo mais comum é colocar uma pessoa falando em um estúdio com imagens de uma paisagem correndo por trás.

Banda magnética – espaço nos filmes cinematográficos (à margem das imagens) no qual é gravada a trilha sonora.

Banda sonora – o mesmo que banda magnética.

Behavior – comportamento

Benday – aplicação de retícula no fundo ou em partes de um trabalho gráfico para dar uma tonalidade cinza (nos casos das peças em preto-e-branco) ou colorida. Também pode ser usada sobre letras ou ilustrações, para dar o mesmo efeito (de cinza ou colorido). Pode ser lisa ou com desenhos. Pode ser aplicada em percentagens de 5 a 95%.

Bg (background) – 1. Música que fica ao fundo de uma locução falada em um comercial de rádio. 2. Locução feita por baixo da cena que se vê no comercial, ou seja, sem que a pessoa que fala apareça.

Billboard – painéis – armação em lugar destacado de uma estrada ou via pública de trânsito intenso.

Black and white – (b&w) preto-e-branco, em inglês.

Blow up – técnica fotográfica, que consiste em ampliar o detalhe de uma fotografia, destacando-o.

Blind test – prova simultânea de produtos na identificados – tem a finalidade de obter opiniões imparciais, livres de juízo antecipado.

Bold – grosso ou espesso, em inglês. Termo utilizado para definir uma letra mais grossa que o normal.

Bônus coupon – bilhete válido como dinheiro par compra ou troca de um produto determinado.

Bottom – medalhão, geralmente de plástico, com símbolos e frases sobre determinada marca, muito usado em promoções para identificar pessoas ou ser distribuído como brinde.

Box – em material impresso, anúncio, é a parte do texto que é ressaltada por um elemento que a circunda.

Brainstorm – tempestade cerebral, em inglês. Técnica utilizada para gerar ideias publicitárias. Consiste em propor e relacionar todo tipo de associações que vierem cabeça, sem nenhuma análise sobre sua pertinência, para avaliação posterior. Geralmente é feita por duas ou mais pessoas, em conjunto.

Brand – marca nome próprio de um produto e ou serviço.

Brand image – conceito – imagem ou imagem de marca que o público tem de uma empresa, produto, serviço, etc.

Break – intervalo comercial, no rádio e na televisão.

Briefing – resumo, em inglês. Documento contendo a descrição da situação da marca ou empresa, seus problemas, oportunidades, objetivos e recursos para atingi-los. Base do processo de planejamento.

Brifar – ato de passar o briefing para outra parte envolvida.

Broad cast media – mídia – meios eletrônicos.

Broadside – folheto especialmente dirigido aos públicos internos (vendedores, funcionários) e intermediários (distribuidores, varejistas) de uma empresa, geralmente explicando como será uma campanha de propaganda e/ou promoção.

Brochure – folheto ou volante com informações sobre uma empresa, produto e ou serviço.

Bromuro – cópia fotográfica em preto-e-branco de cromo ampliado para ser colada no paste-up e indicar a ampliação necessária e os cortes corretos a serem feitos no fotolito ou rotofilme.

Budget – orçamento, em inglês. Geralmente utilizado para definir a verba disponível para uma determinada campanha ou período de tempo, incluindo produção e mídia.

Busdoor – publicidade realizada no vidro de trás do ônibus

Business negócio, ocupação, assunto.

Business-to-business (B2B) – negócio entre empresas

Bv (bonificação) – sigla de bonificação de volume, uma bonificação extra dada pelos veículos (e também por produtoras e fornecedores) às agências que conseguem encaminhar a eles elevados volumes de mídia ou trabalhos de diversos de seus clientes.

Caderno – cada uma das partes de uma revista ou jornal. Geralmente impressas em uma única a e – posteriormente – dobradas.

Caderno regional – suplemento publicitário (com ou sem adição de material editorial) das revistas e jornais nacionais veiculado em regiões específicas.

Caixa alta (CA) – letra maiúscula ou texto escrito todo em letras maiúsculas. Caixa alta e baixa (CAB) – texto escrito em letras maiúsculas e minúsculas. Caixa baixa (CB) – letra minúscula ou texto todo escrito em letras minúsculas.

Calendário promocional – plano anual de promoções e eventos promocionais de uma marca ou empresa.

Calhau – anúncio ou comercial colocado no lugar de um espaço não comercializado, que iria ficar em branco. Geralmente, os veículos colocam suas próprias mensagens, peças comunitárias ou de utilidade pública.

Campaign – campanha de publicidade.

Campaign plataform – plataforma de uma campanha de propaganda e ou publicidade – ideia central, texto básico.

Campanha – conjunto integrado de peças e esforços publicitários ou promocionais.

Cancelamento – contra-ordem da autorização dada a um veículo para veicular um anúncio ou comercial.

Cartaz – 1. Qualquer mensagem publicitária gráfica impressa em papel ou pintada diretamente sobre madeira, metal ou outro material. 2. Unidade padrão do meio outdoor.

Cartazete – tipo de cartaz, de pequenas dimensões, geralmente utilizado no ponto de venda (supermercados, bares, lojas, etc.).

Case – abreviação de case history e termo usado mais frequentemente.

Case-history – histórico de um caso – relato de um evento que pode ser usado para discussão, debate, análise em cursos, palestras, escolas e universidades, ilustrando situações, normalmente reais.

Casting – elenco de artistas ou modelos para um programa, anúncio comercial, fotografias.

Centimetragem – tamanho de um anúncio de jornal, definindo quantos centímetros / coluna ele ocupa.

Centímetro / coluna – espaço-padrão de um jornal, ou seja, um centímetro de comprimento por uma coluna de largura.

Central de mídia – unidade – localizada no anunciante ou na agência – que centraliza as operações de planejamento, negociação, compra e execução de mídia de um determinado cliente.

Chamada – comercial de rádio ou televisão promovendo sua própria programação. Chapa – lâmina de metal que serve como matriz para impressão.

Channel of distribution – canal ou meio de distribuição por onde um produto e ou serviço é comercializado.

Chapado – trabalho gráfico com fundo uniforme de uma única cor.

Chart – gráfico quadro gráfico, diagrama.

Checking/ check-list – conferindo, em inglês. Trabalho de conferência da efetividade da veiculação das mensagens autorizadas, incluindo a qualidade de impressão ou transmissão e a precisão de horário ou posição.

Chroma key – recurso técnico do videoteipe que permite sobrepor uma imagem a outra de fundo, ou colocar uma imagem de fundo, geralmente externa, em uma cena que está sendo gravada em estúdio. Ciclo de vida – termo utilizado para definir os períodos da vida de um produto, que começa com seu lançamento, passa pelo seu crescimento, sustentação, declínio e – muitas vezes – reciclagem.

Circuito aberto – em rádio ou televisão, serve para definir as emissões de caráter aberto, que qualquer aparelho sintonizador pode pegar.

Circuito fechado – em radio ou televisão, serve para definir as emissões de caráter fechado destinadas apenas aos aparelhos que tenham o decodificador da transmissão ou estejam diretamente ou fisicamente ligadas à fonte emissora. Também usado para definir esforço publicitário ou promocional dirigido a pequenos segmentos de públicos.

Circulação – total dos exemplares de um jornal ou revista efetivamente distribuídos ou comprados pelos eleitores.

Circulação controlada – total da circulação gratuita dirigida a determinados segmentos da população ou grupos profissionais.

Circulação dirigida – o mesmo que circulação controlada.

Circulação paga – total da circulação efetivamente paga pelos leitores, através de assinaturas ou compra em bancas.

Circulação promocional – total da circulação gratuita dirigida aos anunciantes, agências e segmentos de formadores de opinião.

Claquete – tela de identificação de um comercial (com título, duração, nome do anunciante, agência, produtora, etc.) Colocada antes de seu começo e que jamais é exibida ao público.

Classificados – tipo de anúncio, geralmente de pequenas dimensões, publicados pelos jornais (e algumas revistas) agrupados por área de interesse (aluguel e venda imóveis, empregos, venda de automóveis, etc.).

Clichê – matriz para impressão em metal ou plástico, utilizada nos processos tipográficos mais primitivos.

Cliente – 1. Empresa anunciante que é uma usuária habitual da propaganda e do mercado publicitário. 2. Profissional que trabalha no anunciante e é responsável pela propaganda.

Clipping – coleção de material impresso, de rádio ou tv com notícias sobre determinado assunto, empresa, pessoa ou marca.

Close – abreviação casual de close up. Fotografia ou tomada videocinematográfica em grande detalhe de um objeto, situação ou pessoa.

Closed circuit – círculo fechado serve a um número reduzido de pessoas.

Closed-up – foto ou filmagem tomada de perto, do objeto mostrado.

Clube de criação – entidade que reúne profissionais de criação. O principal deles é o de São Paulo (ccsp), que edita um anuário com o melhor da criação publicitária de cada ano, sendo seguido em importância pelo clube de criação do Rio de Janeiro.

Clutter – saturação – excesso de estímulos por grande volume de mensagens comerciais

Cobertura – espectro geográfico ou de segmento da população coberto por um veículo.

Código brasileiro de auto-regulamentação publicitária – conjunto de normas autodefinidas pelo mercado publicitário para garantir a honestidade da propaganda e a concorrência ética entre as empresas. Comercial – peça publicitária para rádio, cinema ou televisão.

Comissão – remuneração paga pelos veículos às agências de propaganda pela propaganda a eles encaminhada.

Compensação – veiculação adicional de comercial ou anúncio para compensar peça que não tenha sido veiculada ou que tenha sido exibida ou publicada em más condições técnicas ou em desacordo com a autorização do cliente / agência.

Composição – texto de anúncio, cartaz ou outro material gráfico composto na sua forma final (no tipo, corpo e medidas definidas) e pronto para montar o paste-up.

Compositor – profissional especializado na criação do som publicitário – spot, jingle e trilha – que geralmente trabalha como free-lancer ou ligado a uma produtora.

Comprovante – documento emitido pelas emissoras de rádio e televisão assegurando que o comercial foi veiculado conforme a autorização.

CONAR – CONSELHO NACIONAL DE AUTO-REGULAMENTAÇÃO PUBLICITÁRIA – entidade formada por anunciantes, veículos e agências que administra o cumprimento do código brasileiro de auto- regulamentação publicitária.

Consumer goods – bens de consumo.

Consummer attitude – atitude do consumidor.

Conta – termo utilizado para designar o atendimento publicitário permanente da agência a determinado produto, serviço, marca ou empresa.

Contato – outra denominação do profissional de atendimento, seja de agência, veículo, produtora ou fornecedor.

Cooperative advertising – propaganda cooperativa – realizada entre comerciantes que tem interesses comuns.

Copião – primeira seleção montada das cenas filmadas de um comercial, para análise e decisão final sobre a montagem ou edição.

Copy – cópia – texto de um anúncio. Termo utilizado para definir o texto de uma peça publicitária.

Copy chief – chefe do departamento de redação.

Copy plataform – transcrição e ou cópia de campanha básica.

Copy right – direitos de propriedade literária.

Copydesk – escrivaninha – é a parte de revisão e correção de textos.

Copyright – direito legal de propriedade de um texto, frase, livro, obra de arte, música ou qualquer outra forma de expressão.

Copywriter – redator de textos de anúncios.

Corpo – em termos gráficos, o tamanho da letra que é utilizada na composição dos textos.

Co-sponsor – copatrocinador.

Cost per thousand – CPM – cálculo de quanto custa uma mensagem a mil pessoas. Serve para comparar custos de vários meios de comunicação ou comprar espaços e horários de um mesmo veículo de publicidade.

Cota – em mídia, divisão do valor de patrocínio de um programa (edição ou projeto especial) entre mais de um anunciante.

Couche – tipo de papel, coberto por uma fina camada de gesso, indicado pra impressos de boa qualidade.

Coverage – cobertura – território coberto pelos veículos de comunicação.

Criação – 1. Tarefa de idealizar as peças publicitárias. 2. Departamento encarregado do trabalho criativo dentro da agência. 3. Profissionais especializados na criação de peças publicitárias.

Critério ABA-ABIPEME – critério de definição das classes sócio-econômicas adotado em conjunto pela ABA e ABIPEME e utilizado como padrão pelo mercado. Com a criação da ANEP e a proposta de revisão e atualização conjunta desse critério, seu nome foi modificado para critério ABA-ANEP.

Critério ABA-ANEP – critério de definição das classes sócio-econômicas adotado em conjunto pela ABA e ANEP e utilizado como padrão pelo mercado.

Cromo – fotografia em cores em positivo (tipo dispositivo) de alta qualidade técnica para ser reproduzida em anúncios, cartazes e outros materiais gráficos.

Cross section – amostragem de pessoas ou mercado isolado, que representa com maior exatidão possível as condições do mercado geral.

Custo – 1. Valor de qualquer espaço, trabalho de produção, material e projeto publicitário. 2. Valor em dinheiro da unidade de espaço (página, centímetro/coluna, cartaz, segundos, etc.) Comercializada pelo veículo.

Custo bruto – custo total de um veículo, espaço ou programação de mídia a ser pago pelo anunciante.

Custo do target – custo (bruto, líquido, por grp ou por mil) para atingir o target ou público-alvo de uma campanha.

Custo líquido – custo total de um veículo, espaço ou programação de mídia menos a comissão de agência.

Custo por grp – custo para atingir 1% da audiência de um veículo, espaço ou programação de mídia.

Customer – consumidor, cliente, freguês.

Customer behavior – comportamento do consumidor.

Day-after-recall – tipo de pesquisa realizada no dia seguinte à veiculação de um comercial de Tv para avaliar o nível de recall obtido junto ao target.

Deadline – prazo limite ou final, em inglês. Utilizado para definir o prazo máximo para a realização de qualquer tarefa publicitária.

Decupagem – na produção de um comercial, a descrição pormenorizada de cada uma de suas cenas, com diálogos, cenografia, presença de intérpretes e figurantes, figurino, efeitos especiais, etc.

Desconto de frequência – desconto concedido pelos veículos aos anunciantes em função do nível de frequência de suas veiculações.

Desconto de volume – desconto concedido pelos veículos aos anunciantes em função do volume total de suas veiculações.

Desconto progressivo – valor crescente de desconto concedido pelos veículos aos anunciantes que cumprem determinadas condições de volume, frequência e posição em suas veiculações.

Design – desenho, modelo. Ferramenta de comunicação de marketing que trabalha com formas, traços e cores.

Desk research – pesquisa de mesa ou de gabinete; trabalho de pesquisa feita dentro de um local.

Determinado – espaço publicitário determinado (o veículo deve publicar o anúncio ou veicular o comercial exatamente no espaço definido pelo anunciante).

Diagramação – 1. Divisão e ordenação do espaço de uma página, cartaz ou outra peça gráfica entre imagens e textos. 2. Ordem da publicação de matérias e anúncios em uma revista ou jornal.

Diagramador – profissional que faz a diagramação.

Diário – 1. Jornal que circula diariamente. 2. Em pesquisa, caderno em que a pessoa pesquisada de forma contínua faz as anotações a respeito do que está sendo pedido (como hábito de consumo de mídia, de produtos, etc.).

Diferencial – neologismo criado para caracterizar a diferença competitiva de um produto, serviço ou empresa em relação ao mercado onde atua.

Direct mail – mala direta.

Diretor – em produção, denominação do profissional encarregado da direção geral de um comercial, geralmente freelancer ou ligado à uma produtora.

Diretor de arte – 1. Profissional de criação especializado em desenvolver a parte visual e gráfica das peça publicitárias. 2. Em produção, profissional responsável pelo projeto e execução da parte visual do comercial, incluindo cenografia, figurinos, objetos de cena, etc.

Diretor de fotografia – em produção, denominação do fotógrafo do comercial.

Diretor de produção – em produção, denominação do profissional encarregado da direção geral da parte de produção.

Discussão em grupo – técnica de pesquisa qualitativa que coloca um assunto, produto ou empresa em análise por um grupo de pessoas, sob a moderação de um profissional de pesquisa.

Display – peça promocional e de merchandising que exibe uma mensagem ou uma mensagem e um produto no ponto de venda.

Drafstman – desenhista, esboçador.

DTP – desk top publishing, ou editoração eletrônica. Sistema, processo e equipamento informatizado capaz de fazer a diagramação, composição, artes e arte-final no computador, com o resultado sendo mostrado no vídeo e dando saída do trabalho em papel, fotolito ou disquete – para se enviado aos fornecedores de fotolito.

Dtprint – desk top printer – Sistema, processo e equipamento de dtr de maior potência recursos, capaz de produzir tanto artes-finais e fotolitos acabados como de controlar diretamente a operação de máquinas de impressão, enviando sinais eletrônicos que imprimem sem o uso de fotolitos.

Dupla – 1. Conjunto de um diretor de arte e um redator que trabalham juntos para desenvolver peças publicitárias e promocionais. Unidade básica da criação de uma agência. Às vezes, pode haver o trabalho conjunto de mais elementos de uma área ou outra e o auxílio do diretor e do compositor. 2. Abreviação de página dupla.

Edição (Edition) tarefa de editar as cenas gravadas (em videoteipe) de um comercial, organizando, selecionando e colocandoas na sequência adequada. Esse trabalho (que corresponde à montagem do cinema) geralmente é feito em duas etapas, a primeira para ter uma primeira edição (equivalente ao copião do filme) e a segunda para fazer a edição final do comercial.

Editor em produção, profissional que faz a edição ou aparelho de videoteipe que realiza esse trabalho.

Editora empresa que edita revistas ou jornais.

Efeito especial em produção, qualquer efeito mecânico (realizado durante a filmagem ou gravação), fotográfico ou de edição (realizado na etapa de finalização) capaz de gerar uma imagem especialmente modificada da realidade, dramatizando a intenção de comunicação desejada.

Efeito residual aquilo que fica gravado como lembrança/percepção nas pessoas de uma peça ou campanha de propaganda

Encaixe 1. Em mídia, disponibilidade de tempo ou espaço em um veículo. 2. Em direção de arte, espaço aberto em um texto para colocar a ilustração, ou viceversa. 3. Em artes gráficas, técnica de justapor dois ou mais cromos em uma matriz (fotolito, rotofilme, etc.) 4. Ato de preencher uma janela com anúncio ou comercial.

Encalhe diferença entre a circulação e a tiragem de um veículo impresso, que é devolvida pelas bancas e distribuidores às editoras.

Encarte peça publicitária gráfica encartada em jornal e revista, no formato do veículo ou não. Serve para dar visibilidade à mensagem, ser destacada pelo consumidor ou para atingir segmentos geográficos e de mercado.

Enquete pesquisa de opinião rápida, sem preparação básica, no ato.

Entrelinha em artes gráficas, espaço entre as linhas de um título ou texto.

Envelopado – Publicidade realizada no ônibus todo

Escala de cores em artes gráficas, as provas de cada uma das cores (geralmente quatro) de uma matriz para impressão. Serve para que o impressor possa controlar a impressão de cada cor de modo a atingir um bom resultado final.

Espacejamento em artes gráficas, espaço entre as letras de um título ou texto.

Espaço em mídia, todo e qualquer espaço (na mídia impressa) ou tempo (no rádio, tv e cinema) publicitário.

Espelhado anúncio em uma página anterior ou posterior a outra que também tem uma mensagem publicitária.

Espelho esquema da diagramação de uma publicação

Estande pequena construção ou balcão armado em feiras ou locais públicos para servir de base a promotores e divulgadores de uma empresa ou marca, receber clientes e prospects, expor mercadorias e amostras, material publicitário ou promocional.

Execução 1. Em mídia, a tarefa de executar a mídia, emitindo as autorizações e enviando os materiais. 2. Na criação, a tarefa de dar forma física às mensagens.

Executivo de conta profissional da área de atendimento de agência.

Exibição veiculação da mensagem publicitária pelo veículo.

Exposição sinônimo de cobertura alcançada por um meio, veículo, campanha ou peça publicitária

Externa em produção, a filmagem ou gravação (em videoteipe) de cenas fora de estúdio, ao ar livre.

Faca em artes gráficas, instrumento de metal montado em madeira que serve para recortar impressos em formatos especiais.

Faixa mensagem publicitária impressa em faixas de pano ou plástico, colocadas nas ruas, fachadas de prédios ou em seu interior.

Faixa de gôndola tipo de faixa específica para gôndolas de supermercados.

Família 1. Em marketing, esse termo é utilizado para definir um grupo de produtos semelhantes, com funções complementares ou parecidas. 2. Em artes gráficas, esse termo é utilizado para definir um conjunto de tipos com as mesmas características.

Features traços, delineamentos, componentes.

Fechamento prazo limite para aceitação de anúncios e comerciais pelos veículos.

Fee taxa pagamento por serviço realizado ou por um determinado período.

Feedback em comunicação, todo e qualquer retorno do target à comunicação feita pela empresa, seja através de pesquisa, de um mecanismo de resposta (cupom, telefone, etc.) Ou de forma espontânea. Ficha técnica relação dos profissionais responsáveis pela criação/produção de qualquer peça ou campanha publicitária.

Fidelidade nível de preferência do consumidor a uma determinada marca ou veículo de comunicação.

Fidelização neologismo criado pelos profissionais de marketing para definir programas e esforços no sentido de conquistar ou incentivar a fidelidade dos consumidores a determinada marca ou empresa.

Filmagem ação de filmar uma cena para a produção de comercial para televisão ou cinema.

Finalização em produção, as tarefas de conclusão de um comercial, como a edição, sonorização, realização de efeitos especiais e copiagem.

Folder 1. Folheto publicitário constituído de uma única folha, com uma ou mais dobras. 2. Anúncio de revista com uma ou mais dobras.

Folheto peça publicitária gráfica com uma ou mais folhas.

Follow up Ação de acompanhar a execução de um plano de comunicação ou de mídia ou a produção de qualquer peça publicitária.

Fonograma peça publicitária sonora, para veiculação em rádio, televisão ou cinema.

Fonte em artes gráficas, o nome e o formato de uma família de tipos.

Forecast prognóstico, previsão.

Formato dimensões e forma de um anúncio ou peça gráfica, tempo e tipo de um comercial de rádio, Tv ou cinema.

Fotocomposição composição feita por processo fotográfico.

Fotogravura em artes gráficas, matriz em metal ou plástico de uma fotografia ou ilustração. Técnica em desuso, pois foi substituída pelo fotolito ou rotofilme.

Fotolito 1. Filme de artes gráficas, que serve como matriz de impressão offset e sobre o qual são reproduzidos textos, fotos e ilustrações originalmente em papel ou cromo. 2. Empresa que executa serviços de fotolito.

Fotolitografia a arte e técnica de fazer fotolitos.

Fototraço reprodução fotográfica de textos e imagens em altocontraste, sem tonalidades cinza.

Frame quadro, moldura linguagem utilizada para apresentar as diversas partes de um todo de um filme.

Franchising franquia contrato entre partes para vendas de produtos e serviços.

Freelance 1. Trabalho realizado de forma temporária, sem vínculos empregatícios. 2. Ato de fazer trabalho freelancer. 3. Profissional que trabalha no regime de freelancer.

Frequência quantidade de vezes que uma pessoa é atingida por uma mensagem publicitária em um  determinado período de tempo.

Frequência média quantidade média de vezes que a audiência total de uma campanha ou programação foi atingida por suas mensagens. Este valor é obtido pela divisão do número de audiência bruta pela audiência líquida.

Fullservice trabalho completo ou gama variada de serviços ofertados por qualquer empresa a seus clientes.

Fusão ação de fundir duas ou mais imagens em uma, seja em fotografias estáticas, cinematográficas (filmes) ou videográficas (videoteipe).

Tags:
Diego Luís

Pós-Graduando em Marketing Digital pela Universidade do Sagrado Coração. Formado em Publicidade e Propaganda pelas Faculdades Integradas de Bauru. Já atuou em agência e produtora como redator e gestor de mídias sociais. É produtor de conteúdo no Café com Galo e, também, colunista com mais de 70 artigos publicados. No Plugcitários atua como colunista desde 2012 e possui mais de 100 artigos publicados. Entre um texto aqui e outro ali encontra tempo para assistir aos episódios de suas séries favoritas.

  • 1

You Might also Like