Digite para buscar

Google + Facebook + Drones

Mariana Quinafelix 22 de Maio de 2014
Share

titan-aerospace-g1

Cansados de serem reconhecidos apenas pelo maior site de buscas ou maior rede social, Google e Facebook decidiram investir em drones.

Sim, em drones, o motivo? Mark Zuckerberg lançou em 2013 o projeto Internet.org com o intuito de levar internet por raios infravermelho para 2/3 da população mundial, cerca de 5 bilhões de pessoas que ainda não estão conectadas.

Zuckerberg cobiçava comprar a empresa startup americana Titan Aerospace com um investimento de aproximadamente U$$ 60 bilhões. Porque tão cobiçada? A Titan constrói drones não tripulados movidos a energia solar que são capazes de se manter no ar por até 5 anos, a mesma foi comprada rapidamente pela gigante Google, cujo o valor ainda não foi confirmado.

O suposto drone seria uma espécie de satélite atmosférico, com a vantagem de ser muito mais barato que um satélite orbital. O modelo é capaz de fazer o monitoramento do tempo, capturar imagens da Terra ou ser usado para a comunicação, função na qual o Facebook estaria interessado.

Para que isso se torne uma realidade próxima, Mark conta com mais 6 empresas de telefonia móvel Samsung, Ericsson, MediaTek, Nokia, Opera e Qualcomm.

Há ainda quem duvide do lado humanitário da causa, já que os investimentos não foram e nem serão poucos, e quem especula que a compra do app WhatsApp tenha sido só o começo da nova empreitada de Mark.

Tags:
Mariana Quinafelix

20 anos, paulista, estudante de publicidade, amante de fotografia com sede de novidades. Prestes a dar o primeiro passo para o futuro.

  • 1

You Might also Like