Digite para buscar

Padrão de Beleza em 25 países

Gabriela Araújo 1 de julho de 2014
Share

Já pensou que, em outros países, você pode nem ser tão bonito assim? Ou o contrário – talvez, do outro lado do mundo, sua beleza pode te fazer miss. A jornalista americana Esther Honig questionou designers do mundo inteiro com seu projeto, enviando uma foto sua de rosto e a frase: faça-me bonita.

1

A ideia surgiu após conhecer o site Fiverr, que permite contratar freelances de diversas partes do mundo. Em entrevista ao BuzzFeed, Esther disse: “Imediatamente me ocorreu que neste conjunto de trabalhadores, cada provável indivíduo tinha uma preferência estética particular para a sua própria cultura”.

O projeto, batizado de Before & After, recebeu a resposta de 25 freelas de países distintos. A jornalista esperava mudanças na sua imagem, mas foi surpreendida; “Vendo alguns dos trabalho pela primeira vez me deu vontade de gritar … Outras vezes as imagens, como a do Marrocos, me tiraram o fôlego, porque eles eram muito mais perspicazes do que eu poderia ter esperado”, disse.

marrocos

O que o projeto deixa de lição é que não existe um padrão de beleza mundial, e nos faz pensar como a concepção do belo muda de acordo com a cultura. Podemos perceber como a cor da pele e traços do rosto da jornalista foram alterados nas edições, criando a “mulher ideal” de cada país.

Esther finaliza: “O que eu aprendi com esse projeto é isso: Photoshop [pode] nos permitir alcançar os nossos padrões inatingíveis de beleza, mas quando comparamos essas normas à escala mundial, conseguimos ver que o ideal continua a ser ainda mais ilusório.”.

Alemanha

alemanha

Argentina

argentina-620x479

Grécia

grécia-620x479

Indonésia

indonésia-620x479

Itália

itália-620x479

Paquistão

paquistão-620x479

Filipinas

philipinas-413x620

Reino Unido

UK-620x479

EUA

usa-2-413x620

Venezuela

venezuela-620x479

Tags:
Gabriela Araújo

Enquanto tento não pirar após ter me formado em Publicidade, trabalho como planner digital e social media no interior de São Paulo - viajando em qualquer fim-de-semana que der uma brecha. Meta de vida: trabalhar como publicitária em uma casinha na praia com uma biblioteca enorme.

  • 1

You Might also Like