Digite para buscar

Intercâmbio na Europa – Sistema de trânsito

Felipe Barcellos 6 de outubro de 2014
Share

tilburg_fietstraat_4

A primeira coisa que eu descobri logo após me ajeitar na minha nova casa é que você precisa de uma bicicleta, você não consegue fazer muita coisa enquanto não tiver uma. Existem muitas lojas que vendem bikes de segunda mão, e da pra perceber que as pessoas não ligam muito para o estado delas, rodando já é suficiente, quase todas fazem um barulho esquisito e parece que vão desmontar a qualquer momento.

IMG_5594

Nas ruas é incrível ver como funciona o sistema criado para dar prioridade as bicicletas, com várias ciclovias e sinaleiros específicos. Nas ciclovias andam tanto as bikes como as motos, pessoas sem capacete mesmo mas nunca passam dos 30km, faz quase um mês que estou aqui e não vi acidentes! Esse é o esquema de como funciona o trânsito:

Bicicleta/Moto > Pedestre > Carro

Fietsstraat

Claro que nas avenidas a prioridade é dos carros, mas em ruas dentro dos bairros a prioridade é sempre do ciclista, mesmo que ele esteja no meio da rua, o carro espera sem buzinar. Você também pode atravessar ruas que não tem sinaleiros quase sem olhar para os lados, porque os motoristas tem muito respeito.

IMG_5595

O respeito entre as pessoas é tão grande que é difícil ver alguém atravessar a rua enquanto o sinal estiver fechado, mesmo que não tenham carros. Além de o transito fluir melhor as pessoas acabam tendo uma vida mais saudável, raramente vejo uma pessoa obesa, da pra contar nos dedos quantas eu já vi.

E os ônibus não são muito utilizados, já que a cidade de Tilburg não é tão grande, é possível ir para praticamente qualquer lugar só de bicicleta, mas o sistema de ônibus é muito eficiente e pontual. O único problema é o preço, uma passagem custa em torno de €3,50.

Para quem tiver curiosidade e quiser ver mais imagens do meu dia a dia aqui, pode me seguir no instagram: http://instagram.com/elnovellito

Tags:
Felipe Barcellos

Comecei na Engenharia e terminei na Publicidade! Quando não estou fotografando estou escrevendo, quando não estou escrevendo estou fotografando. Não curto samba, praia e muito menos futebol alegre, longe de um típico brazuca.

  • 1

You Might also Like