Digite para buscar

A reinvenção da HP

Jason Nascimento 13 de outubro de 2014
Share

HP

É amigos, a crise faz mais um colosso da tecnologia tremer. Fundada na garagem de uma casa na cidade de Palo Alto, Califórnia, em 1939, por Bill Hewlett e Dave Packard, a HP foi uma das principais parteiras do Vale do Silício nos EUA. No princípio, a empresa produzia apenas calculadoras, vindo mais tarde se tornar a maior fabricante de PCs do planeta (levante a mão quem não tem, ou já não teve uma impressora HP). Atualmente a chinesa Lenovo, lidera a produção de PCs. Os últimos anos foram um verdadeiro calvário para a HP, que vinha se esforçando para se manter entre os gigantes do setor. Mas a pergunta que se faz é: porque uma empresa como a de Bill e Dave mergulham em um abismo como esse? Alguns fatores podem lançar luz a essa pergunta: O avanço vertiginoso do uso de dispositivos móveis em escala global, aliado a falta de percepção de mercado da HP. Sim! Os executivos da empresa demoraram a perceber que o mercado estava seguindo um novo rumo; o uso de smartphones e tablets, ensaiaram uma reação lançando o tablet TouchPad. Porém, aproximadamente um mês e meio após sua estreia no mercado, a HP anunciou a desistência do produto. A cartada final veio em 2013, quando a empresa optou produzir tablets de baixo custo, adotando o sistema operacional Android, do Google.

Para tentar sair da crise, a Hewlett-Packard anunciou a divisão da companhia em duas. A área responsável pela produção de computadores pessoais e impressoras formará uma nova empresa, a HP Inc., o setor de hardware e serviços corporativos passará a se chamar Hewlett-Packard Enterprise. O prazo para a conclusão da separação é 31 de outubro de 2015.

O objetivo dos líderes da empresa, é direcionar o foco da HP Inc. para além do mercado de PCs. Segundo Dion Weisler, executivo que assumirá a liderança da HP Inc, “a meta é reposicionar para inovar em todos os nossos mercados tradicionais, e também aumentar a nossa liderança para novos mercados tais como impressão 3D e novas experiências de computação”. Atualmente Dion ocupa a vice-presidência da divisão de computadores pessoais e impressoras da HP, antes, era diretor de operações da Lenovo. Resta saber se a tática de dividir a empresa em duas para se manter entre as grandes dará certo. Façam suas apostas.

Tags:
Jason Nascimento

Estudante de publicidade com trinta e alguns quilômetros rodados, apaixonado por filmes, tecnologia, Internet e fotografia e que nas horas vagas gosta de ler filmes e assistir livros.

  • 1

You Might also Like