Digite para buscar

Crítica: Jogos Vorazes – A Esperança PT.1

Nina Elora 2 de dezembro de 2014
Share

a esperança

Sim, sei que esse tem sido um dos assuntos principais dessas duas últimas semanas, mas como muita gente se interessa não temos como fugir dele. Então vamos lá:

Em primeiro lugar, antes de escrever este texto fiquei pensando nos dois tipos de leitores relacionados a esse filme: os que leram o livro e os que não leram. Aos que não leram, eu deixo o meu mais sincero “sinto muito”, pois nesse ponto entramos na discussão de todas as adaptações livro-filme: falta muita informação que são FUNDAMENTAIS para o entendimento da trama toda.

O primeiro filme é fraco, sem discussão. Isso é um fato. O livro é completo e nos passa toda a história de Katniss de maneira bem clara para todos. Mas por alguma razão os roteiristas deixaram para trás coisas importantes, tipo o Peeta não ter mais uma perna apos o termino dos primeiros Jogos.

Em chamas também deixou um buraco no coração de muitos fãs por conta de elementos importantes terem sido deixados de lado (sem comentários pois pode gerar um spoiler). Mas a primeira parte de A Esperança não seguiu exatamente o mesmo caminho dos filmes anteriores da franquia. Jennifer Lawrence estar mais dentro de sua personagem, mostrando de fato a Katniss do livro. Josh Hutcherson parece cada vez menos um menino perdido e fraco, (digo isso porque li os livros e sempre imaginei um Peeta mais decidido e menos choroso, mas enfim…).

Quanto aos personagens coadjuvantes, Philip Seymour Hoffman, que interpreta Plutarch Heavensbee, deixou um personagem e tanto a ser explorado nessas duas últimas partes do filme, a homenagem feita em sua memória no final do filme nos dá uma tristeza por um ator tão talentoso ter nos deixado em maio desse ano. Julianne Moore, como sempre impecável como a presidente Coin. Elizabeth Banks e Woody Harrelson voltam como Effie e Haymitch, com seus conselhos e seus jeitos singulares. Donald Sutherland, nos convenceu desde o primeiro filme com sua atuação forte como o presidente de Panem, Snow.

A Esperança PT. 2 tem tudo para agradar os espectadores, e se os roteiristas se tocarem, não teremos tantos furos. E pra quem acha que eu estou escrevendo sobre um filme que eu não gosto, saibam que foi o livro que mais me deixou com “ressaca literária”.

Tags:
Nina Elora

Estudante de Design Gráfico, apaixonada por cinema, livros e séries. Acredito que um pouco de arte na vida de toda pessoa é essencial. E nada melhor pra melhorar o dia do que sorvete e um batom vermelho.

  • 1