Digite para buscar

Crítica: Invencível

Nina Elora 26 de Janeiro de 2015
Share

invencivel

Muito se falou sobre esse filme por ser o primeiro a ser dirigido pela atriz Angelina Jolie, porém a divulgação para o lançamento foi discreta, talvez para evitar um descontentamento geral do espectador. O filme teve mais destaque depois que alguns e-mails da presidente da Sony falando mal de Jolie vazaram no fim do ano passado. Baseado em fatos reais, o filme conta a história do imigrante italiano Louis Zamperini que vai para os Estados Unidos com a família e acaba descobrindo o dom de correr mais rápido do que o normal. Com o passar do tempo, se torna atleta olímpico, mas seu sonho é interrompido quando é convocado à servir seu país durante a segunda guerra.

Para que não surjam spoilers, o enredo é basicamente esse. Sem mostrar muito a que veio, o filme fica superficial quando decide não se aprofundar direito em nenhum momento da vida de Zamperini. Sua situação quando serve a guerra é mostrada com um foco maior, mas com alguns momentos desnecessariamente longos, mas certas cenas salvam partes cansativas.

Esse filme entra para a lista de filmes que morreram na praia, e também dos excessivamente longos. Resta saber se Angelina Jolie estará disposta a encarar novos desafios e transformar as críticas negativas em sucesso para projetos novos. Para quem está disposto a ver, duas coisas:

1) desvencilhe a Jolie atriz da Jolie diretora;

2) não pegue a última sessão.

Tags:
Nina Elora

Estudante de Design Gráfico, apaixonada por cinema, livros e séries. Acredito que um pouco de arte na vida de toda pessoa é essencial. E nada melhor pra melhorar o dia do que sorvete e um batom vermelho.

  • 1

You Might also Like