Digite para buscar

A guerra das linguiças

Jason Nascimento 22 de Maio de 2015
Share

Sadia linguiça

Comer linguiça emagrece! Parece piada, mas foi exatamente em que se transformou o comercial da Sadia, que foi veiculado alguns dias atrás. E vou ser sincero com você: não consegui segurar a gargalhada enquanto lia alguns comentários postados na rede.

Brincadeiras à parte, a campanha causou bastante polêmica e motivou uma enxurrada de críticas, algumas bem maldosas nas redes sociais, os internautas não pouparam o anunciante e nem a agência responsável pelo comercial, e ainda motivou uma ação da concorrente Seara, no Conar. Em resumo, a peça fala de duas amigas que se encontram em um estacionamento de um supermercado após dez anos sem se ver; “Você não mudou nada nesse tempo e está mais magra, e esse cabelo maravilhoso”, diz Laura, ao que Gabi responde com um sorriso; “sei lá, eu como linguiça Sadia”. Ao final, Gabi menciona o baixo teor de sódio no produto da Sadia, sendo essa alegação o motivo da representação da Seara junto ao Conar. Outro aspecto da propaganda que incomodou muitos internautas, foi o fato de Gabi ter ressaltado o divórcio como fato positivo.

A título de comparação, ocorreu algo semelhante com a campanha do anunciante bomnegocio.com, que envolveu a polêmica ‘ordinária’ do compadre Washington. Na ocasião, o Conar suspendeu e posteriormente voltou atrás na decisão, que manteve o comercial com a polêmica frase.

No caso da linguiça, seria oportuna uma reflexão; a agência e o anunciante não suspeitaram nem por um minuto do impacto que causaria a duplicidade de conceitos?

Não previram a reação negativa de grande parte do público feminino, que é comprovadamente maioria nas redes sociais?

Por outro lado, seria plausível supor que essa inserção fosse parte da estratégia do anunciante para ganhar publicidade espontânea, grátis em todos os grandes portais ou, redes sociais que noticiaram a polêmica propaganda? Afinal, dessa forma, todos ficam sabendo o que a empresa quer que saibam; existe no mercado uma linguiça com um diferencial…

Bem, agora o tempo e o Conar vão dizer se a estratégia valeu mesmo a pena, por enquanto não deu bons resultados reduzir o sódio da linguiça e jogar lenha na churrasqueira.

Tags:
Jason Nascimento

Estudante de publicidade com trinta e alguns quilômetros rodados, apaixonado por filmes, tecnologia, Internet e fotografia e que nas horas vagas gosta de ler filmes e assistir livros.

  • 1

You Might also Like