Digite para buscar

Curta retrata o abandono de animais de forma comovente

Hygor Nery 6 de julho de 2015
Share

Curta Gift

Há algumas semanas foi lançado um curta-metragem (Gift), que retrata uma triste rotina para milhares de animais de estimação, o abandono.

O Gift utiliza uma família e uma boneca como personagens. É unânime dizer que a cena em que o suposto pai joga a boneca para fora do carro, e depois, olha pelo retrovisor, e o que acontece naqueles segundos após, é comovente e direto. Por isso, peço que vejam o vídeo e depois comentem o desfecho.

Para Zsemberi Zsófia, diretor, a adoção de animais deve ser feita de forma consciente. Ele não pode ser descartado como se não tivesse valor algum. Para muitos, basta seu cão ou gato ficarem velhos ou doentes, que a primeira ideia que vem a cabeça é o abandono.

Vale ressaltar que lá no início de sua história com seu animal, quando você se propôs a cuidar e proteger ele, de certa forma, mesmo que intangível, foi assinado um acordo sem prazo de validade.

Bem, se você ainda não consegue enxergar essa ligação entre você e seu animal, pergunte-se a si mesmo: “Quando meu filho (a) quebrou aquele lindo aparelho de jantar, eu o joguei fora?”, “E quando as crianças urinaram na cama, os mandei para a adoção?”.

Há algumas semanas fui questionado por um amigo, se aceitaria um cãozinho como presente, infelizmente tive que recusar – e não foi falta de educação – como não tenho um ambiente adequado e nem tempo livre para cuidar de um cão, não pude. Coloquei as necessidades e expectativas do animal em primeiro lugar – sim, ele espera algo de você.

O abandono é cruel e passivo de punição. “Abandonar é matar aos poucos”.
Aos animais de estimação, mais amor, por favor.

Tags:
Hygor Nery

Hygor Nery é estudante de Administração, atuando na área de Marketing para Franchising. Carioca de coração. Apaixonado por marketing e comportamento humano. Agora, deixe-se envolver pelo blog!

  • 1

You Might also Like