Digite para buscar

Se meu gato pudesse falar – as ilustrações sinceras dos bichanos

Bruno Haulfermet 23 de julho de 2015
Share

Que os cães são animais queridos e movimentam boa parte do engajamento das redes sociais a gente sabe. Mas o que sabemos ainda mais é que seus inimigos de maior popularidade disparam no interesse de todos. Já percebeu a proporção de material viralizado que envolve gatos, se comparado aos cachorros?

Donos de uma personalidade individualista, eles são referência para memes e fanpages, vídeos fofos ou que mostram suas habilidades. O que todo esse conteúdo diz, explicitamente ou não, é simples: gatos se bastam e não precisam dos humanos.

É provável que em algum momento da sua vida os bichanos tenham feitos você se sentir um completo zero à esquerda. Ou vai me dizer que em uma dessas tentativas de interagir com eles você nunca foi ignorado(a)? De olho nesse comportamento a dupla russa Asia e Landysh, amantes dos gatos, criou uma série de ilustrações divertidas que mostram o que esses animais falariam para seus donos – se tivessem esse dom – no cotidiano. Vale ressaltar que ambas são formadas em linguística e nem mesmo esse não-universo das ilustrações as impediu de seguir com seu apelo criativo. O resultado está aí e esse é apenas um dos projetos que a dupla desenvolve em sua loja online, a Lingvistov.

1 – “Você realmente vai vestir isso?”

1

2 – “Me alimente, escravo!”

2

3 – “Estou tão cansado disso. Apenas… saia daqui.”

3

4 – “Eu venho de uma longa linhagem de gatos Reais. Nós testemunhamos guerras! O que te faz pensar que eu tenho tempo para essa besteira insignificante?”

4

5 – “Eu não dou a mínima para o que você tem a dizer.”

5

6 – “Você é estúpida.”

6

7 – “Deixe-me mostrar-lhe a porta.”

7

8 – “Não.”

8

Tags:
Bruno Haulfermet

Designer, escritor nas horas vagas e curioso. Não saio de casa sem mochila e um fone de ouvido.

  • 1

You Might also Like