Digite para buscar

“Gamificação”, uma estratégia para atrair e engajar mais usuários

Bia Vasco 16 de Março de 2016
Share

Jogos, qualquer um deles, digitais, carteados, tabuleiros, jogos mentais e corporais.

Acredito que todos ja jogaram algum jogo, ou pelo menos viram alguém jogar.
Pode ser de qualquer modalidade, sorte/azar, amarelinha, luta, corrida, vídeo game, RPG.
O que todos tem em comum são as fases (casas, passos, níveis, salas…) enfim.
Todo jogo tem um trajeto que busca um objetivo e um prêmio.

Gamificação consiste em usar mecanismos de jogos para levar as pessoas a praticarem uma ação. Possui vários usos, como por exemplo nos sistemas de aprendizado, de gestão, fidelização e engajamento.

Portais de educação e aplicativos já contam com a adaptação de realidades de jogos.
Usam os cenários, buttons e os adorados BADGES!(Medalhas/selos)

Badges no antigo Foursquare

badges foursquare

Segue aquele princípio, quem tem mais Check ins em uma área…ganhava o badges de…

Em outras áreas, como a empresarial,

Quem fez mais pontos…(aprendizado)
Quem fez mais vendas… (comercio)
Quem apresentou melhor desempenho… (pessoal)
A equipe que mais desenvolveu…

Quem já montou a melhor equipe sabe o que estou falando, uma folga, mesmo que seja numa quarta feira, chovendo, e sem nada de interessante pra fazer, já te faz voltar na quinta com aquele sorrisinho no rosto.

Pra quem trabalha com publicidade é um recurso que vai atender a 3 habilidades importantes: Desenvolvimento, fidelização e engajamento.

Motivação para desenvolvimento dos projetos. A fidelização vai ser a ação diretamente sobre o nosso consumidor, o engajamento movimenta ambos os lados e ainda dispara para o público alvo.

Os jogos conquistam as pessoas pelo poder de dar a elas um resultado, uma recompensa, um reconhecimento.
Gamificar em uma empresa é dar a um funcionário um objetivo, mostrar que atingiu uma meta, uma premiação, a melhor equipe, a melhor organização, o funcionário do mês. (Já viram a plaquinha no MC Donald’s?)
Algumas empresas utilizam cartilhas com elementos como > metas, desafios, revanches entre outros itens < e já existem empresas especializadas em desenvolver esses tipos de sistemas.

Gamificando o público alvo ou consumidor

Muitos usam a estratégia de gamificação de maneira simples, implicitamente com um cartão fidelidade por exemplo, onde preenchendo uma quantidade x de compra/visitas você ganha um benefício. Steps. > Benefícios, oportunidades, descontos, créditos…

O ser humano gosta da sensação de dever cumprido, de chegar a algum lugar, de se sentir valorizado, lembrado, presenteado.
Tudo que fazemos tem um objetivo, e nos jogos isso fica bem claro já que eles tem um enredo, e a maioria um final.

Gamificar uma situação, dar uma recompensa por algo em conclusão ou concluído, propor ou mostrar um trajeto, e muitas vezes mostrar a ele o trajeto já percorrido.

“Você completou um ano como nosso cliente e receberá como presente…”

Carregou a barrinha da vida (jogos de luta).
É como se fosse “você já esta caminhando com a gente, reconhecemos isso e você ganhou uma vantagem por isso.

A pessoa que recebe algo assim passou de fase! Deixou de ser apenas um consumidor entre muitos outros, anônimo, e agora se vê individualmente notado. Isso pode até mesmo mudar a opinião dela sobre ter uma prestadora de serviço, para ter uma parceira.

Se formos pensar bem, jogar é vício para algumas pessoas, é por isso que até no joguinho inofensivo (que jogamos só pra passar o tempo no facebook) alguns apelam para o cash!
Subir de fase vale mais que os créditos no cel, que o valor descontado do Paypal, boleto ou qualquer outra forma de pagamento.
Levar alguém a buscar uma recompensa através do que você oferece é S.U.C.E.S.S.O!

Ainda implicitamente pode ter uma trajetória para ter vantagens, um exemplo

“Faça um curso com a gente até amanhã e ganhe 30% de desconto, 20% no próximo curso e 10% nos próximos cursos que desejar. Sem limites!”
Um trajeto progressivo.

Cursos

Tem jogos explícitos também, os promocionais!
Comprou, junto ganhou. Ali na hora!
E os primeiros a conseguirem ainda ganham algo a mais.

Os mais mecânicos
Com uma certa quantidade de check ins ganha um badges (como já tinha dado o exemplo do Foursquare la em cima).

FOURSQUARE

Todas essas formas criam engajamento, seguido de recompensa. (Jogos)
As vezes nem é uma recompensa palpável, um valor, um produto, as vezes um selinho já garante satisfação (Coisinha simples né) e foi capaz de gerar engajamento.

Se a pessoa que joga ainda recomendar então…

Entender o jogo que agrada as pessoas, e fazer com elas queiram passar pelo seu trajeto, e ganhar o seu prêmio! É um caminho com grandes resultados.

Consumidor, publico alvo, funcionário, gestor…todo mundo ganha! =)

Fonte: http://www.4squarebadges.com/foursquare-badge-list/

Tags:
Bia Vasco

I'm fabulous! Publicitária, Analista de Maketing e designer (as vezes). Apaixonada por conteúdo digital, neuromarketing e neurolinguística. Praticante de artes circenses aéreas, dançarina e atriz (interrompida). A "Multi mulher" e "multi profissional" mais amorzinha que você irá conhecer. Prazer, Bia. ?

  • 1

You Might also Like