Digite para buscar

Marcas fazem comerciais de 2 minutos no dia da mentira

Hermes Garcia 4 de Abril de 2016
Share

Foi só uma mentirinha. Nós do Plugcitários resolvemos exemplificar toda publicidade que se aproveita da oportunidade do “dia da mentira” para atrair e conversar com seus clientes.

Já que o trouxemos até aqui, o compensaremos com um conteúdo especial que separamos para você. Além de trazer um pouquinho sobre o dia da mentira e algumas ações publicitárias que aproveitaram desse tema.

Historicamente, o dia da mentira surgiu quando passamos a utilizar o calendário gregoriano (proposto pelo Papa Gregório no século XIII e utilizado até hoje). Esse novo formato substituiu o calendários juliano (proposto por Júlio César em I A. C.) e por conta disso, houveram diversas alterações nas datas comemorativas. Pode parecer mentira, mas o ano novo era comemorado da última semana de março até o primeiro dia de abril e somente com a mudança do calendário que o ano novo passou a ser comemorado no primeiro dia de janeiro. Por isso, aqueles que sabiam que o calendário antigo havia sido revogado, começaram a zombar dos desavisados, chamando-os de tolos e acusando-os de comemorarem de forma mentirosa a passagem do ano. Daí o surgimento do “Dia da Mentira, isto é,  da “comemoração mentirosa da passagem de ano”.

Hoje a comemoração do dia da mentira é sinônimo de “pegadinhas” e “mentirinhas” disseminadas entre amigos e, obviamente, a publicidade não ficaria fora dessa.

Veja alguns bons exemplos de ações que utilizaram do tema “mentira” em suas peças ou, aproveitaram a tradição das brincadeiras de 1º de Abril, para criar ações utilizando de bom humor, criatividade e surrealismo.

Um bom exemplo do poder da mentira está no clássico filme criado em 1987 pela W/Brasil para o Jornal Folha de São Paulo;

A F/Nazca lembrou das mentirinhas que o público Honda City conta nos dias de trabalho.

Já a LG aproveitou para esbanjar tecnologia em uma pegadinha muito bem feita

Quem acompanha o Twitter, viu algumas empresas reforçarem suas marcas e outras interagirem com seus cliente:

Tags:
Hermes Garcia

Paulista, canhoto, estudante de publicidade que sonha em ser escritor, mas se diverte como amante da fotografia e nunca perde o interesse por sociologia.

  • 1

You Might also Like