Digite para buscar

Direção de arte e redação na guerra

Dayanna Pacheco 23 de junho de 2016
Share

Pode soar muito bizarro mas o fato é que a publicidade serve a qualquer propósito, inclusive para fomentar a participação e legitimar as guerras. Mas o que era dito e propagado nesses tempos de ânimos exaltados, bombardeios e fome?
Vamos saber agora!

imagem 01 (1)

A utilização de cartazes foi uma estratégia amplamente utilizada. A peça apresentada foi criada para conclamar a participação dos europeus na Primeira Guerra Mundial.

imagem 02

‘Por que eu não vou? O 148º Batalhão precisa de mim’. Foi com esse mote que se buscou ampliar o número de voluntários no alistamento militar.

imagem 03

‘Quatro razões para comprar bônus de guerra’. A utilização da imagem dos inimigos de guerra foi o ponto central deste cartaz para buscar a ajuda financeira da população canadense.

imagem 04

‘Preserve os produtos perecíveis. Se você tem um pomar, você deve fabricar conservas’. Aqui o racionamento foi o tema da peça já que a falta de alimentos era uma realidade latente durante os conflitos militares.

imagem 05

União do Império Britânico: ‘Uma vez alemão – sempre alemão’” – O uso da xenofobia como crítica aos inimigos de guerra.

imagem 06 imagem 07

Tido como o principal símbolo dos aliados, o “V” da vitória também foi reproduzido no código Morse (três pontos e um traço). Era muito comum, principalmente depois da declaração de guerra, uma grande quantidade de peças publicitárias de produtos importados dos Estados Unidos.

imagem 08

Com a participação brasileira na Segunda Guerra Mundial se tornou comum que o vestuário nacional tivesse um corte, ou acessórios com características militares.

imagem 09

E até na propaganda de um remédio para a dor de cabeça, era claro a inserção de elementos que lembrassem o conflito.

 

Fontes: Brasil Escola e Tok de História

 

Dayanna Pacheco

Goianiense (sem pé rachado mas que adora pequi e pagode) que encontrou na publicidade a melhor forma para justificar os insights diários nada convencionais sobre os mistérios do universo, do cotidiano e da decoração doméstica.​

  • 1