Digite para buscar

Boneca antiabuso é lançada no Paraguai

Camilla Ferreira 2 de setembro de 2016
Share

Uma criança não sabe reconhecer quando está sofrendo assédio sexual, e para que ela aprenda de um modo simples e lúdico, o Ministério da Educação e Cultura do Paraguai, juntamente com o laboratório Diaz Gill e da Anistia Internacional, lançou a campanha “Boneca Antiabuso”.

Reprodução da Internet

Há duas versões: a feminina e a masculina, que levam o nome de Arami e Amaru. Ambos os bonecos falam as seguintes frases quando se toca as suas partes íntimas: “não me toque aí” e “se você me acariciar vou dizer a minha mãe”.

A agência Kausa Havas de Assunção é a responsável pela ideia. No primeiro momento, serão distribuídas 500 bonecas em escolas e para pessoas influentes do país, como atores e artistas. Após a repercussão, espera-se que haja mais interessados em ajudar na causa e investir na campanha.

Tags:
Camilla Ferreira

Estudante de Publicidade e Propaganda na UEMG (Universidade do Estado de Minas Gerais). É redatora na Agência Fun, ama música, pizza e pugs (mas até hoje, só teve gatos). Sagitariana, não recusa o bom humor e nem uma boa oportunidade.

  • 1

You Might also Like