Digite para buscar

Você não é essa Coca-Cola toda

Reinaldo Del Trejo 20 de dezembro de 2017
Share

Desculpa, mas você não é um gênio. Se fosse, já teria sido descoberto e estaria faturando uma grana alta com o seu trabalho. Mas não se preocupe, não é em toda esquina que você vai encontrar um Shakespeare por aí. Então, a sua força de vontade e determinação podem te colocar em um lugar interessante no mercado de trabalho.

Mas para isso é necessário dar um chute no balde com uma característica da geração y, daqueles nascidos até meados da década de 90 e não aguentam esperar. Infelizmente, muitos lugares que trabalhei, tive contato com pessoas que se achavam acima da sua função, como se aquilo fosse algo dispensável e ralo para sua “alta capacidade intelectual”.

Essas pessoas são chatas e tóxicas. Primeiro, você está onde está por causa de suas escolhas. E se você ganha um salário X é por causa da tendência de mercado, e não porque você é um talentoso injustiçado.

E aí está a notícia boa para você: existem muitas pessoas assim, e isso possibilita que você seja diferente e voe para o alto e avante. Ao invés de ficar reclamando, que tal você ler um livro sobre um assunto específico, buscar uma pós-graduação, estudar a tendência da publicidade e buscar muitas referências?

Enquanto o reclamão vai se atolar em seu ambiente tóxico, você vai evoluindo, evoluindo e evoluindo. Lá na frente, você vai notar a diferença entre se dedicar e se fazer de vítima da “sociedade capitalista que desfavorece os pobres publicitários artistas”.

Seja o que você quer ser. Não espere o ambiente perfeito para dar o seu máximo. Afaste-se de pessoas que não te agregam em nada. Seja uma esponja, ouvindo desde o estagiário do primeiro termo até o diretor de criação mais pica das galáxias. Você tem sempre a aprender. Mas acima de tudo, lembre-se: você não é tão foda para desprezar onde você está.

Se você não for bom hoje, não vai ser  no ambiente que você considera o ideal.  Se você acha que seu trabalho é chato, que tal ser o melhor criador de EMMKs de empresas de papelão que você já viu?

Deixe a camisa da sua empresa cheia de suor. Não deixe que a maioria faça com que você fique parado no mundo da reclamação. Voe alto com humildade e sem passar por cima das outras pessoas. Faça muitos aliados, já que o mundo é feito de ciclos, e é melhor ter amigos do que inimigos.

Seja o melhor dentro das suas possibilidades. E mesmo não sendo essa Coca toda, você pode ser uma Tubaína bem gostosa de se tomar com um pão e mortadela ao lado dos parceiros.

Reinaldo Del Trejo

Jornalista por formação. Publicitário por atuação e paixão. Formado em Jornalismo pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), atua em redação publicitária desde 2016 na agência Luz Própria 360 em Presidente Prudente -SP. Já trabalhou como estagiário na TV e rádio de sua universidade. Na infância, sonhava ser jogador de futebol, estudou um ano de Veterinária e hoje seu objetivo é publicar seu primeiro livro. Curioso é a melhor definição desse publicitário que ama a profissão e busca referências e aprendizado a todo instante.

  • 1