Digite para buscar

Se os clientes não sabem, vamos ensinar

Tiago Bezerra 19 de Janeiro de 2018
Share

Agências de publicidade existem há quanto tempo? Uns 170 anos? Há o registro de uma primeira agência, fundada por Volney Palmer, em Boston, por volta de 1841. Mas até hoje alguns clientes não sabem o que a gente faz. Então, vamos ensinar.

A Primeira agência vendia espaço publicitário em jornais e cobrava comissão de 25%. De 1841 até hoje, isso daria, pelos meus cálculos, 177 anos. As agências evoluíram e passaram a oferecer criação e tudo mais a partir de 1875, mais ou menos.

Contudo, não vou escrever uma espécie de glossário da propaganda para explicar tin-tin por tin-tin nem vou traçar uma linha do tempo sobre a história da propaganda. Hoje eu vou falar de uma tendência que vem surgindo e que estou gostando: agências oferecendo cursos para clientes.

Dando uma fuçada por aí, acabei vendo que esse novo serviço é de interesse de vários clientes. Afinal, todo investidor gosta de saber onde está investindo e como esse investimento vai dar retorno.

Há uns 10 anos fiz um curso para iniciantes em investimento na Bolsa de Valores. E isso me abriu os olhos. A corretora que ofereceu o curso não correu nenhum risco de “perder” os investidores para uma aventura autônoma de investir sem auxílio.

Isso porque o curso deixou bem claro que não é nada fácil se aventurar sozinho. Então, automaticamente, o interesse pelos serviços dos corretores vem à mente. Isso sem falar que é uma forma extra de remuneração.

Quando falo que estou gostando dessa possível “tendência”, é por esses dois motivos: ótima ferramenta de prospecção e remuneração extra.

Experimente também. Ofereça um curso de, digamos, pesquisa de mídia para seus clientes para começar. Você vai ver que os olhos deles vão brilhar e as reuniões de briefing serão bem mais interessantes.  

Tiago Bezerra

Redator Publicitário e Roteirista apaixonado por tecnologia, música, cinema e tudo que faz o mundo ser mais agradável.

  • 1