Digite para buscar

Dedique um tempo para fazer NADA

Reinaldo Del Trejo 24 de Janeiro de 2018
Share

Campanha que tem que ficar pronta até às 16h. Tráfego cobrando desempenho. Bloqueio criativo. Pesquisas. Cansaço mental. PRECISO SOLTAR O JOB! Job libertado, não foi dos melhores, mas enfim, finalizado.

Dia acaba. Chega em casa, começa a analisar os resultados online. Porra, o trabalho não acaba. Em um restaurante, você olha aquele cardápio mal feito. Fica estressado. Como usaram essa combinação de cores? Por que não justificam a informação? Meu, tem que ter a vista da esquerda superior para a direita.

Sua parceira olha pra você:

Para de trabalhar um pouco.

Você responde:

Tem razão.

É difícil se desligar do trabalho, principalmente pelo simples fato da Publicidade viver de resultados. Você quer estar a par de tudo que está acontecendo com aquele seu job que ficou na mesa por tempos. Mas isso pode gerar uma sobrecarga mental e o pior dos males: insônia.

Quando se tem insônia, você nunca dorme e nem acorda de verdade”, já diria nosso amigo Tyler no filme mais fodástico de todos: Clube da Luta. Então como dar uma pausa em sua criatividade e produção quando você simplesmente respira Publicidade?

A teoria do Nadismo está aí para ajudar a dar uma pausa em seu cérebro perturbado.  Marcelo Broher é o inventor da ideia que devemos dedicar um tempo do dia para fazermos absolutamente nada.  Para ele, é no nada que se encontra tudo. E essa ideia vai de cara com o fato de deixarmos para lá um projeto estagnado. E meio que por mágica vem um insight e POW: Você consegue finalizar o seu job.

Prazos, prazos e mais prazos. A ideia de Broher é que você se desligue de todas as redes sociais, celular, sente em um lugar calmo e apenas brise. Fique olhando para o nada. Evite pensamentos produtivos. Apenas observe coisas banais, como uma formiga carregando um arroz, as folhas das árvores balançando.

É um lance que lembra muito meditação e terapia. E sim, esse é o objetivo. Até porque uma vida totalmente produtiva gera um vazio maior. Uma falta de conhecimento próprio. E quando você não se conhece, é impossível estar bem com o que você é.

Aproveite alguns minutos do dia para fazer absolutamente nada. Pare de pensar que está sendo improdutivo. E lembre-se que somos humanos, e precisamos de um tempo para nós. Para curtir a respiração, olhar o ambiente ao nosso redor e relaxar.

Sabe aquela velha expressão: “relaxa e goza”. O nadismo prega isso, e é uma excelente forma de recarregar a sua bateria doentia por resultados. Afinal, você precisa de um descanso. Queira você ou não.

Reinaldo Del Trejo

Jornalista por formação. Publicitário por atuação e paixão. Formado em Jornalismo pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), atua em redação publicitária desde 2016 na agência Luz Própria 360 em Presidente Prudente -SP. Já trabalhou como estagiário na TV e rádio de sua universidade. Na infância, sonhava ser jogador de futebol, estudou um ano de Veterinária e hoje seu objetivo é publicar seu primeiro livro. Curioso é a melhor definição desse publicitário que ama a profissão e busca referências e aprendizado a todo instante.

  • 1