Digite para buscar

Fintechs: use a tecnologia nas suas finanças

Bia Vasco 15 de Maio de 2018
Share

Quando unimos financial (financeiro) e technology (tecnologia), formamos FINTECH. Através dessa junção, é possível entender que mais uma vez a tecnologia vem ajudar a melhorar nossas vidas, incluindo a área das finanças. Com menos burocracia, mais praticidade e com base nas maiores necessidades das pessoas, o mercado traz soluções que ajudarão nosso dinheiro a ter melhores destinos.

Atualmente, existem tecnologias que, muitas vezes, virariam perguntas intrigantes para gerações passadas como: Bancos sem precisar de agências? Cartões de crédito gratuitos e sem nenhuma tarifa? Poupanças e investimentos pelo celular? Empréstimos sem burocracia? Gerenciador de finanças? Comparadores de preços e valores de serviços (seguros, imobiliário, lazer e afins)? Pagar e receber apenas pelo seu smartphone?

Pois é, hoje tudo isso é feito em minutos, online e com suporte 24hs.

Controle financeiro, investimento, pagamentos, serviços bancários e de crédito são os principais serviços usados nesse mercado, que pode se dividir em muitos outros nichos. Atualmente, o Brasil tem apostado, cada vez mais, nesse tipo de tecnologia.

Segundo o estudo da Fintech100 (2017) feito pela KPMG, entram no ranking mundial as techs brasileiras do Nubank(12°) e Guia de bolso (48°).

Nessa imagem, pertencente ao material da Fintech Lab (2017), conseguimos ver o quão amplo isso vem se tornado no país:

(Imagem: Reprodução/Internet)

Vamos a exemplos práticos de empresas nesses nichos.

Nubank

(Imagem: Reprodução/Internet)

Essa fintech é responsável por um dos cartões de crédito mais requisitados da categoria dos “sem anuidade”. Não é cobrada nenhuma taxa, a menos que queira utilizar o seu programa de pontos Nubank Rewards.

Recentemente a empresa expandiu seu produto e criou a Nuconta, onde todo dinheiro guardado tem rendimentos e que aos poucos vem ganhando todas as funcionalidades de bancos digitais. A marca também é conhecida pelo seu ótimo atendimento e mimos inesperados aos clientes.

Banco Inter

(Imagem: Reprodução/Internet)

Na categoria de bancos digitais sem tarifas, o banco inter é um dos principais. Possui funcionalidade padrão de outros bancos, mas de uso ilimitado e sem nenhuma tarifa. Seu cartão de crédito segue a linha e não é tarifado e Inter também oferece serviços de empréstimos, investimentos, seguros e sistema de pagamentos via QR codes.

Bidu

(Imagem: Reprodução/Internet)

Quer fazer cotações para seguros variados (veículos,UBER, bens, saúde, empresariais, viagens…), planos de saúde, empréstimos e até para adquirir um cartão de crédito? Essa fintech é para você. A corretora tem diversos parceiros e faz comparações simultâneamente.

VivaReal

(Imagem: Reprodução/Internet)

Com mais de 5 milhões de imóveis, a VivaReal funciona como uma imobiliária sem fronteiras. Qualquer região do Brasil pode fazer parte do seu portal imobiliário e estar na mão dos clientes através do app. Você tem opções detalhadas para residências e cômodos comerciais. Quer conversar com o anunciante? Chama ele no chat ;)

Guia de bolso

(Imagem: Reprodução/Internet)

Organizador financeiro onde você consegue manter veiculadas suas contas em bancos, ver extratos e até gerar gráficos para acompanhar suas finanças. Seus gastos separados por categorias e você ainda pode definir metas de economia. Precisando de um empréstimo? O Guia te indica o melhor lugar para contratar e se surgirem dúvidas sobre a situação do seu CPF (ele também monitora gratuitamente para você) ;)

PicPay

(Imagem: Reprodução/Internet)

Um dos Apps de pagamentos mais famosos. O verdinho funciona como uma rede social de pagamentos. Nele, através da validação de um perfil, as pessoas podem pagar ou receber. Para pagar alguém basta vincular seu cartão e os valores recebidos podem ser transferidos para sua conta gratuitamente. Caso queira usar para fins comerciais e cobrada uma taxa sobre os valores recebidos, basta olhar direto no app ou no site.

Creditas

(Imagem: Reprodução/Internet)

A simples descrição do site já define muito bem: “Também conhecido como refinanciamento, esse é um tipo de crédito em que você utiliza um bem, como um veículo ou um imóvel, como garantia do pagamento do seu empréstimo. Isso te dá acesso aos menores juros do mercado: a partir de 1,15% ao mês!”

Nessa modalidade de empréstimo, você consegue transformar uma porcentagem do valor do seu bem em crédito para tirar seus planos do papel, abrir seu negócio e quitar suas dívidas!” (Site oficial)

E aí, conhece ou utiliza algum desses? Conta pra gente nos comentários ;)

Fonte: Pesquisas e hancking / Imagens
Materiais http://fintechlab.com.br
Bia Vasco

I'm fabulous! Publicitária, Analista de Maketing e designer (as vezes). Apaixonada por conteúdo digital, neuromarketing e neurolinguística. Praticante de artes circenses aéreas, dançarina e atriz (interrompida). A "Multi mulher" e "multi profissional" mais amorzinha que você irá conhecer. Prazer, Bia. ?

  • 1