Digite para buscar

Aprenda sobre Branded Content em 6 passos

Bia Vasco 18 de julho de 2018
Share

Atualmente, uma das principais formas de chegar até um consumidor é com a produção de conteúdo, recurso que nos últimos anos é definido como Inbound. Mas, quando pensamos em criar conteúdos, devemos traçar objetivos e propostas para eles. Há muitos formatos usados, com aplicações e resultados diferentes.

Existem conteúdos com foco em conversões (ações) como nutrição de relacionamento com  sequências baseadas no famoso funil. Há também conteúdos mais focados em vendas, como conteúdos promocionais e o copywriting. E não podemos esquecer dos conteúdos de Brand, que falaremos a seguir.

O Branded content, conhecido também como branded entertainment (entretenimento de marca), tem como objetivo principal criar um relacionamento entre a sua marca e o consumidor.

Muitos ainda confundem Branded Content com marketing de conteúdo ou propaganda, então, tentando resumidamente explicar, podemos dizer que :

  • Propaganda: Vende informações sobre um produto ou serviço estimulando a situação de compra.

(Conteúdos promocionais e script e revendas como Copywriting)

  • Marketing de conteúdo: Produção de conteúdo rico e relevante a fim de criar um relacionamento com o cliente e estimulando-o a fazer uma ação.

(Conteúdos com utilidades para o consumidor, como: artigos, e-books, tutoriais, email marketing e afins.)

  • Branded Content: Entreter, criar um relacionamento e fixar sua marca na mente do consumidor. A preocupação do Branded Content é com a sua audiência.

(Conteúdos como Storytellings, pequenos vídeos, materiais para ações offline e afins. *Seus conteúdos podem estar inseridos em mídias tradicionais.)

CARACTERÍSTICAS DESSE CONTEÚDO

  • Busca mais referências no mundo do entretenimento: cinema, televisão, tecnologia.
  • A Influência sobre as vendas existe, mas acontece de maneira indireta.
  • Campanhas contexto específico e temporário.

SÃO OBJETIVOS DO BRANDED CONTENT:

  • Definir ou reforçar do posicionamento de uma marca;
  • Aumentar valor de marca, brand equity;
  • Desenvolver um relacionamento entre cliente e marca;
  • Trabalhar estimulando ‘sentimentos’ e com isso ganhar empatia e confiança;
  • Aumentar lembrança espontânea de marca (Share of mind) constantemente;
  • Criação de conexões que estimulem conversas sobre a marca;

Como funciona:

Um relacionamento é desenvolvido, de maneira sutil, a partir do sentimento do público em relação à marca.

Empresas que demonstram interesse pela natureza e criam ações para sustentabilidade podem ganhar empatia de públicos que apoiam esse tipo de causa.

O consumidor é atraído, mas não vai necessariamente ser levado a uma decisão de compra. Contudo, não podemos esquecer que  a empatia pode gerar a vontade de comprar produtos marca.

Veja alguns cases:

Campanha Dove “Retratos da Real Beleza”

“As mulheres são as principais críticas em relação à sua própria beleza. Na verdade, apenas 4% da população feminina mundial se considera bonita. Dove assumiu o compromisso de incentivar uma auto-estima positiva e inspirar mulheres e meninas a atingir seu potencial máximo. Por isso, realizamos uma experiência que comprova algo muito importante: Você é mais bonita do que pensa.”

A mensagem mostrada é justamente a visão distorcida que muitas mulheres tem sobre a própria aparência, o incômodo e preocupação com os padrões de beleza.

Uma linda mensagem e nenhuma venda de produtos.

The Boy Who Learned to Fly | Usain Bolt

“Esta é a história do homem mais rápido do mundo, que quase nunca foi. Apresentando o menino que aprendeu a voar, um filme de animação baseado na vida de Usain Bolt.”

Uma animação muito bem feita, contando uma história linda e inspiradora, onde marca apareceu discretamente e sem referência aos produtos.

Deu pra entender a estrutura desse tipo de conteúdo? Se você ficou interessado, agora deixamos um passo a passo com alguns pontos importantes para sua produção:

COMO FAZER BRANDED CONTENT em 6 passos:

1 – Considere seus valores de marca e posicionamento para definir qual a mensagem que você deseja passar. Defina também o tom dessa comunicação. (Você quer usar uma linguagem jovem? Ser formal, radical, didático? Como é o seu humor?

2 – Descubra quem faz parte da sua audiência e avalie se ela teria interesse no seu conteúdo. (Tente entender em que tipo de assunto sua audiência está interessada) e identifique de que forma ela se conecta com a sua marca;

3 – Invista em criar histórias de sucesso, que contenham por exemplo:

  • Autenticidade:
  • Criatividade
  • Identificação
  • Emoções positivas:
  • *Final feliz: Toda história tem momentos de tensão, conflito e dilema, mas o final feliz é sempre esperado.

4- Procure os canais de mídia que tenham em seus conteúdos o seu produto principal. Apesar de o foco não ser vendas, pessoas nesses canais podem estar procurando o que você oferece.

5 – Insira no seu conteúdo partes de apelo emocional. Sentimentos como felicidade, tristeza, raiva, espanto, revolta e sensações como satisfação e orgulho engajam e viralizam.

6 – Isole conteúdos prontos com técnicas de venda como Copywriting ou calls to actions.

A maioria das pessoas já desenvolveu, em algum momento, aversão à propagandas.

Algumas dicas para quem deseja usar Branded Content 

Não perca sua identidade;

  • Assuma um ponto de vista;
  • Saiba dialogar em um tom respeitoso;
  • Seja provocativo, não deixando de usar um tom familiar;
  • Desperte a curiosidade;
  • Pense sempre na relevância do que está sendo produzido;
  • Trabalhe bem o diálogo e a espontaneidade;

Saiba ouvir e identificar o interesse do seu público. Ele quem manda.

Suas ações e conteúdos não precisam, exatamente, ter uma relação direta com o seu produto Lembre-se que seu conteúdo deve atender aos interesses da sua audiência.

E aí, conseguiu captar a essência? Se você já faz esse tipo de conteúdo, divide com a  gente sua experiência nos comentários =)

Fontes:

Branded Content | Branded Content e estratégias | Branded Content e Marketing de conteúdo |  Algumas dicas sobre Branded Content

Bia Vasco

I'm fabulous! Publicitária, Analista de Maketing e designer (as vezes). Apaixonada por conteúdo digital, neuromarketing e neurolinguística. Praticante de artes circenses aéreas, dançarina e atriz (interrompida). A "Multi mulher" e "multi profissional" mais amorzinha que você irá conhecer. Prazer, Bia. ?

  • 1